F1 - Hamilton diz que negociação com Mercedes é "positiva" e defende Bottas: "Não vejo porque mudar"

Hamilton voltou a colocar Bottas como o melhor companheiro de equipe que já teve e esquivou de pergunta sobre Russell

F1 - Hamilton diz que negociação com Mercedes é "positiva" e defende Bottas: "Não vejo porque mudar"

Durante a coletiva antes do GP da Estíria, realizada nesta quinta (24) no Red Bull Ring, Lewis Hamilton revelou que já está negociando o novo contrato com a Mercedes para estender sua permanência na Fórmula 1, afirmando que as discussões até aqui tem sido "positivas".

O heptacampeão está em um contrato de apenas um ano com a equipe alemã, anunciado apenas em fevereiro deste ano. O impacto da pandemia da Covid-19 e a temporada condensada fizeram com que as negociações se iniciassem apenas no fim do ano passado. Mas Hamilton já vinha defendendo uma negociação mais cedo para 2021.

Leia também:

No mês passado, o britânico disse que gostaria de finalizar as negociações com a Mercedes mais cedo, mirando a pausa de verão da F1, em agosto, para ser um ponto para "ter uma imagem clara do futuro".

Perguntado sobre sua situação contratual, Hamilton confirmou que já iniciou as negociações com Toto Wolff por um novo acordo.

"Já iniciamos as discussões. Não tenho muito a dizer, não há nada concreto ainda. Tivemos discussões e as coisas parecem positivas".

O contrato de apenas um ano levantou questões sobre o futuro de Hamilton na F1, mas o heptacampeão vem dando sinais de que não deve sair da categoria no final desta temporada, apesar de afirmar que seus planos não dependem da conquista do octacampeonato.

A Mercedes terá momentos complicados nos próximos meses, negociando os contratos de suas duas vagas para 2021. Enquanto Hamilton está a caminho de uma renovação, a situação de Bottas já é mais complicada. Sua performance abaixo da média no começo de 2021 tornam mais forte a campanha de George Russell pela promoção.

Mas Hamilton sempre elogiou Bottas, colocando-o como "o melhor companheiro de equipe" que já teve na F1, com a dupla conquistando para a Mercedes todos os títulos nos últimos quatro anos.

"Quando digo companheiro de equipe, não falo apenas de performance do piloto. É sobre moral da equipe, é sobre como você trabalha no ambiente".

Hamilton disse que não vê razão para mudar a dupla atual da Mercedes.

"Olha, Valtteri é meu companheiro agora, e ambos tivemos altos e baixos em nossas carreiras. Mas, como disse, ele é um companheiro fantástico e não necessariamente vejo porque mudar".

Pedido para dar "uma palavra sobre George Russell", Hamilton respondeu: "Relacionado a que?".

Explicado que a questão era sobre o britânico ser um companheiro de equipe em potencial, Hamilton disse: "Bem, ele não é meu companheiro atualmente, então não acho que seja necessário falar nada".

VEJA primeiras fotos do NOVO CARRO da F1 2022 com ANÁLISE de Rico Penteado

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Sequência de corridas até férias da F1 será chave para campeonato?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Circuito da Áustria terá modificação na curva 6; confira

Artigo anterior

F1: Circuito da Áustria terá modificação na curva 6; confira

Próximo artigo

Hamilton acredita que retorno da F1 com casa cheia em Silverstone é "prematuro"

Hamilton acredita que retorno da F1 com casa cheia em Silverstone é "prematuro"
Carregar comentários