Fórmula 1
04 set
Próximo evento em
21 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
28 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
42 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
105 dias

F1 considera abolir Grupo de Estratégia para 2021 e mudar sistema de voto

compartilhar
comentários
F1 considera abolir Grupo de Estratégia para 2021 e mudar sistema de voto
Por:
7 de fev de 2020 11:13

Com o novo Pacto de Concórdia, o sistema de governança da Fórmula 1 também deve mudar, com a chegada de uma nova comissão que junta FIA, Liberty e equipes

O mundo da Fórmula 1 vem se ocupando, há algum tempo, da elaboração do novo regulamento técnico que mudará a face da categoria a partir de 2021 e, entre as novidades, também está o novo sistema que dará origem às regras futuras.

Hoje, a "governança" da F1 é composta pela Comissão de Fórmula 1, um órgão que delibera as decisões que são ratificadas pelo Conselho Mundial da FIA para aprovação final. No entanto, existe uma etapa anterior, sem valor político oficial, mas que, de fato, acredita-se ser o local em que novas propostas são formuladas ou rejeitadas antes mesmo de ingressar na Comissão de Fórmula 1: o Grupo de Estratégia.

Leia também:

Esse órgão recebe relatórios de vários grupos de trabalho (sendo os mais importantes o técnico e o esportivo) e decide se aprova, modifica ou rejeita as propostas. Este processo de tomada de decisão deve ser simplificado a partir do próximo ano. A partir de 2021, o Grupo de Estratégia deve ser abolido e, no lugar, será criada uma única reunião que contará com representantes da FIA, Liberty Media (na posição de detentora dos direitos comerciais) e as equipes da F1 à mesa.

De fato será uma nova Comissão de Fórmula 1, mas diferente da atual, que inclui também uma representação dos promotores, patrocinadores e fornecedores de pneus da categoria (9 representantes no total). De acordo com os rumores, eles não estarão mais na mesa de discussões.

A partir de 2021, o sistema deve garantir uma racionalização dos procedimentos de tomada de decisão, graças a uma reforma de todo o sistema. O Grupo de Estratégia e a Comissão de Fórmula 1 devem ser removidos, dando lugar a uma única comissão, composta por 30 pessoas com direito a voto.

Desses 30, dez serão representantes da FIA, dez da Liberty e dez representantes das equipes, com uma vaga por equipe. Com isso, os números para obter maioria em votação também mudam: um consistindo em 25 votos a favor e um outro em 28.

No primeiro caso, entram as decisões tomadas para a temporada seguinte ou mesmo para a corrente, mas neste caso apenas se a votação for feita até 30 de abril. A partir de primeiro de maio, o número de votos necessários para a formulação de um novo artigo do regulamento ou a modificação de um já em vigor aumenta para 28.

Esta seria uma mudança importante, já que atualmente é necessária a unanimidade entre todos os que têm direito a voto para mudar as regras dentro de uma mesma temporada.

A abolição do Grupo de Estratégia é uma modificação importante. O órgão foi criado em 2013, e nem todas as equipes foram admitidas à mesa, com vagas para apenas seis representantes, aspecto que gerou muitas controvérsias entre os excluídos. Com a chegada da Liberty Media foi dado um passo adiante nesta direção, que pressionou para que o Grupo passasse a integrar as equipes excluídas, mas sem o direito de voto. Com esta nova proposta, todas as equipes estariam à mesa, tendo o mesmo poder político.

GALERIA: Veja primeiras artes dos novos carros da F1 para 2021

Galeria
Lista

McLaren 2021 F1

McLaren 2021 F1
1/40

Foto de: McLaren

McLaren 2021 F1

McLaren 2021 F1
2/40

Foto de: McLaren

McLaren 2021 F1

McLaren 2021 F1
3/40

Foto de: McLaren

McLaren 2021 F1

McLaren 2021 F1
4/40

Foto de: McLaren

Williams 2021

Williams 2021
5/40

Foto de: Williams

Williams 2021

Williams 2021
6/40

Foto de: Williams

Williams 2021

Williams 2021
7/40

Foto de: Williams

Renault 2021

Renault 2021
8/40

Foto de: Renault F1

Renault 2021

Renault 2021
9/40

Foto de: Renault F1

Renault 2021

Renault 2021
10/40

Foto de: Renault F1

F1 2021

F1 2021
11/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
12/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
13/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
14/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
15/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
16/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
17/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
18/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
19/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
20/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
21/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
22/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
23/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
24/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
25/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
26/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
27/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
28/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
29/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
30/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
31/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
32/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
33/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
34/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
35/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
36/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
37/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
38/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
39/40

Foto de: Giorgio Piola

F1 2021

F1 2021
40/40

Foto de: Scott Mitchell

Análise: As dificuldades da F1 para realocar o GP da China

Artigo anterior

Análise: As dificuldades da F1 para realocar o GP da China

Próximo artigo

Nova estrutura da F1 não permitirá brechas nas regras em 2021, diz Brawn

Nova estrutura da F1 não permitirá brechas nas regras em 2021, diz Brawn
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Roberto Chinchero