Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
66 dias
06 mai
Próximo evento em
108 dias
20 mai
Próximo evento em
122 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
136 dias
10 jun
Próximo evento em
143 dias
24 jun
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
164 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
178 dias
29 jul
Próximo evento em
192 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
220 dias
02 set
Próximo evento em
227 dias
09 set
Próximo evento em
234 dias
23 set
Próximo evento em
248 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
255 dias
07 out
Próximo evento em
262 dias
21 out
Próximo evento em
276 dias
28 out
Próximo evento em
283 dias
05 nov
Próximo evento em
291 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
304 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
319 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
328 dias

F1: Dirigentes preveem que tráfego intenso deve agitar atividades de pista em anel externo do Bahrein

compartilhar
comentários
F1: Dirigentes preveem que tráfego intenso deve agitar atividades de pista em anel externo do Bahrein

Marcado para o dia 6 de dezembro, GP do Sakhir agitou os bastidores da Fórmula 1 com o anúncio de um traçado ‘oval’ na semana passada

A Fórmula 1 anunciou no final da semana passada que utilizará uma variação de traçado no Circuito do Sakhir, que receberá duas corridas consecutivas da categoria no Bahrein, sendo a primeira no final de novembro com a configuração original e a segunda no início de dezembro com a nova alternativa.

A notícia agitou os bastidores da F1 e trouxe animação aos fãs por conta de um traçado ‘oval’, no anel externo do circuito, que terá apenas 3.543 metros de extensão. A F1, inclusive, prevê tempos de volta de cerca de 55 segundos, o que quebraria o recorde de menor tempo de volta da história. O recorde pertence a Niki Lauda, que cravou uma volta de 58s79 em 1974, no circuito de Dijon-Prenois, na França.

Leia também:

Os baixos tempos de volta e a nova dinâmica que o traçado alternativo deve trazer “confusão” no tráfego intenso, segundo o chefe de equipe da Alfa Romeo, Frédéric Vasseur. “Não fizemos simulação ainda, mas com certeza, com 55s por volta, vai ser uma grande confusão no tráfego nas voltas de classificação. Vai ser um pesadelo”, disse Frédéric Vasseur, chefe da Alfa Romeo, em entrevista veiculada pelo site britânico RaceFans.

O dirigente, no entanto, ponderou a declaração afirmando os novos layouts são empolgantes para rodadas duplas. “Faz sentido fazer algo um pouco diferente, e a vantagem do Bahrein é que você tem pelo menos três configurações de traçado de pista. Faz sentido, vai ser um pouco diferente do primeiro”, disse Vasseur.

O diretor esportivo da F1, Ross Brawn, também mostrou empolgação com o desafio que traçado alternativo deve proporcionar às equipes. “O circuito ‘oval’ não é uma configuração clássica para GP de F1, mas suspeito que vamos apresentar às equipes e pilotos um desafio tanto para a classificação e para a corrida, e estou esperando muita movimentação”, disse Brawn.

“Vai ser uma corrida bastante agitada, com tempos de volta abaixo de 1 minuto e mais de 80 voltas. O tráfego certamente vai ser um problema e vai haver oportunidades para ultrapassar também. Parece muito simples, mas espero algo bastante desafiador para encaixar os tempos de volta”, completou.

Devido às preocupações com o tráfego intenso, a F1 planeja realizar a classificação com duas zonas de DRS (Sistema de Redução de Arrasto) na pista, conforme revelou o diretor técnico da F1, Pat Symonds. O objetivo é manter o tempo de volta mais próximo aos 55 segundos, em busca de aumentar as chances dos pilotos de desviarem do tráfego nas longas retas.

“Queremos fazer a classificação com duas zonas de DRS em cerca de 54s3”, disse Symonds. “Se tivermos três zonas de ativação, isso vai diminuir [o tempo de volta] para 53s9. A pista é cerca de 200m mais longa do que Mônaco, que normalmente é a pista mais curta da F1. Os pilotos terão poucas chances de sair do tráfego nas longas retas”, comentou.

“Faz parte do desafio. Acho que para um piloto ser completo, é preciso lidar com coisas assim. As equipes têm muitos recursos hoje em dia para lidar com esse tipo de coisa. Então, vai ser um desafio. Vai ser difícil, talvez alguém perca com isso, alguém saia ganhando com isso. Mas, no geral, acho que vamos ter um bom espetáculo”, completou Symonds.

A corrida no anel externo do Bahrein tem previsão de 87 voltas e está marcada para acontecer no dia 6 de dezembro.

Vettel comenta rumores sobre ida p/ Racing Point e fala de outras categorias para 2021

PODCAST Motorsport.com debate qual seria o calendário ideal da Fórmula 1; ouça

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Ralf Schumacher insinua que Albon segue na Red Bull por 'política'

Artigo anterior

Ralf Schumacher insinua que Albon segue na Red Bull por 'política'

Próximo artigo

Ocon acredita que Renault tem condições de lutar pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores da F1

Ocon acredita que Renault tem condições de lutar pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores da F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Sakhir