F1: Gasly espera "ver o que acontece" na Red Bull para decidir seu futuro

O francês disse em entrevista que o seu futuro na categoria só depende da Red Bull; e espera que as respostas venham nesse mês

F1: Gasly espera "ver o que acontece" na Red Bull para decidir seu futuro

Pierre Gasly, piloto da AlphaTauri, disse que aguarda "ver o que acontece" na Red Bull para tomar uma decisão sobre o seu futuro na Fórmula 1. Gasly foi promovido para a Red Bull em 2019 e rebaixado para o time satélite na metade da mesma temporada após resultados ruins contra Max Verstappen.

O francês ganhou experiência, evoluiu bem e voltou forte em 2020, conquistando a sua primeira vitória e a segunda da Toro Rosso/AlphaTauri na sua história. Já neste ano, Gasly marcou 50 pontos contra 18 do colega de time, o novato Yuki Tsunoda. Com seu ótimo desempenho, a AlphaTauri está em quinto colocado no campeonato de construtores.

Leia também:

A evolução de Gasly impressionou os chefes na Red Bull, mas pouco provável que ele volte para a equipe de Milton Keynes, mesmo que o time não estenda o contrato de Sergio Perez, atual colega de equipe de Verstappen.

Quando perguntado sobre o seu futuro na F1, Gasly admitiu que ele aguarda ver o que acontecerá na Red Bull e espera que ele terá respostas antes do retorno da temporada na Bélgica no fim deste mês.

"Eu acho que está bem claro da minha parte, está nas mãos da Red Bull", disse Gasly. "Max assinou para o próximo ano, Sergio eu acho que tem um ano de contrato, então vamos ver o que acontece lá e então ver o que faremos juntos lá na frente. Claro que ainda estou contratado pelo time por mais algum tempo e eu estou confiante que teremos respostas durante ou depois da pausa de verão."

Franz Tost, chefe da AlphaTauri, pretende manter Gasly e Tsunoda para 2022, mantendo nas mãos do francês a responsabilidade de ser o líder do time do meio de pelotão.

Gasly disse que se sente feliz com o papel de líder, mas admite que o piloto sempre quer estar no melhor carro quando a oportunidade aparece.

"Eu acho que eles querem um líder na AlphaTauri para empurrar o time e eles estão realmente tentando elevar o nível, acho que relação está funcionando agora e uma vontade verdadeira de levar o time para outro nível. Claro, como um piloto você sempre quer estar no melhor carro e lutar pela melhor posição e é isso que estamos discutindo".

"Mas ultimamente eu estou focando em um fim de semana de cada vez, corrida após corrida e mostrando meu potencial. Está na mão deles [Red Bull], se eles querem que eu suba ou se estão feliz com a dupla que tem. E depende da performance do Sergio e como eles planejam o futuro da AlphaTauri".

"Estamos discutindo muitas coisas. Elas estão indo bem, mas no momento não há mais resposta do que isso. Mas espero mais notícias nas próximas semanas", disse o vencedor do GP de Monza de 2020.

F1 2021: CASA CHEIA no GP de SP? Tudo da etapa do BRASIL e INDIRETAS da Red Bull para Mercedes

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual piloto merece uma segunda chance na F1?

 

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Diretor da McLaren revela segredos para ter carros dominantes

Artigo anterior

F1: Diretor da McLaren revela segredos para ter carros dominantes

Próximo artigo

F1- Alonso: "Alpine perdeu muito espaço para a McLaren"

F1- Alonso: "Alpine perdeu muito espaço para a McLaren"
Carregar comentários