F1: Hakkinen diz que agressividade de Verstappen é combustível para Hamilton

Bicampeão mundial de F1 também comparou ocasiões com ex-companheiro Senna e rival Schumacher

F1: Hakkinen diz que agressividade de Verstappen é combustível para Hamilton
Carregar reprodutor de áudio

Mika Hakkinen alertou Max Verstappen de que qualquer tentativa de intimidação a Lewis Hamilton pode ter o efeito contrário. Em sua coluna no site Unibet, o finlandês explicou sua tese, motivada pelo embate entre os dois protagonistas do campeonato no GP de São Paulo de Fórmula 1, no final de semana.

"Max está no auge de sua carreira, liderando o Mundial e determinado a manter Lewis atrás", escreveu Hakkinen.

"O que aconteceu na curva 4 foi um exemplo de quão duro Max está preparado. Manter o volante aberto é uma maneira fácil de intimidar um rival, mas também pode levar a uma colisão. Nesse caso, você nunca sabe o que pode acontecer.”

"Não tenho certeza de que intimidar Lewis funcionará. Ele gosta de desafios. Dá a ele um foco extra."

Hakkinen também falou que a briga na pista o lembrou de alguns de seus próprios conflitos anteriores.

"Fui companheiro de equipe de Ayrton Senna e rival de Michael Schumacher, dois pilotos que às vezes usavam táticas muito agressivas", acrescentou.

“Há uma foto famosa minha conversando com Michael após o GP da Bélgica de 2000, explicando a ele por que eu estava infeliz com algumas de suas táticas.”

"Eu adoro corridas duras, mas as corridas precisam acontecer na pista."

Ao mesmo tempo, ele ficou feliz com a decisão dos comissários de não puni-los naquele momento.

"Fiquei pessoalmente feliz em ver a direção de prova deixar Max e Lewis continuarem", disse ele. “Os dois carros saíram da pista e voltaram na mesma ordem, sem nenhum dano.”

"Mais uma vez, como com a desqualificação, tenho certeza de que deu a Lewis uma motivação maior. Quando Michael tentou me tirar da pista em Spa, isso me deixou absolutamente determinado a fazer a ultrapassagem - que é a que todos se lembram."

E vê um final de temporada sensacional: "Com três corridas pela frente, acho que veremos corridas mais excelentes", concluiu. “A maneira certa de ganhar o campeonato é correr forte, mas justo, com ultrapassagens brilhantes e a vitória sendo decidida na bandeira quadriculada.”

"Este é um campeonato muito bom, realmente não quero acidentes, penalidades e reuniões de comissários para determinar o resultado final."

F1 2021: O que a Red Bull PRECISA fazer no Catar? Hamilton FAVORITO? | TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #146: Hamilton teve a maior exibição da carreira no Brasil?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

compartilhar
comentários
F1: AlphaTauri elogia evolução constante e maturidade de Gasly
Artigo anterior

F1: AlphaTauri elogia evolução constante e maturidade de Gasly

Próximo artigo

F1: Leclerc ajustará abordagem em disputas se manobra de Verstappen for julgada legal

F1: Leclerc ajustará abordagem em disputas se manobra de Verstappen for julgada legal