F1: Hamilton e Verstappen não precisam sentar e discutir regras antes de final

Ambos concordaram que estão ali para vencer e que os dois entregaram grandes disputas ao longo do ano, apesar dos incidentes

F1: Hamilton e Verstappen não precisam sentar e discutir regras antes de final
Carregar reprodutor de áudio

Apesar da tensão que ficou no ar após o último domingo em Jeddah, Lewis Hamilton e Max Verstappen convergiram nas respostas desta quinta em Abu Dhabi. Ambos concordam que estão ali para vencer o título da Fórmula 1 e esperam que tudo aconteça de modo limpo, como já visto no ano, defendendo que não precisam sentar para discutir regras antes do fim de semana.

Com a vantagem do empate, muitos questionaram ao longo da semana de Verstappen não seria capaz de bater deliberadamente em Hamilton, à la Ayrton Senna e Alain Prost, para garantir o título e 'devolver' um pouco da insatisfação que vem demonstrando com os comissários e a direção de prova.

Leia também:

A FIA juntou os dois rivais na coletiva de imprensa desta quinta pré-GP de Abu Dhabi e entre muitas perguntas sobre expectativas da luta pelo título, Hamilton foi questionado se confia que Verstappen fará a coisa certa no domingo.

"Prefiro não focar nisso. Sabe, no fim do dia, eu realmente acredito que todos aqui correm para vencer. Gostaria de acreditar que todos fazem isso do modo certo. Então nem deixo isso passar pela minha cabeça".

Hamilton ainda foi questionado sobre um momento na corrida de Jeddah, quando ultrapassou Verstappen e ambos os carros foram parar fora da pista, o que levou ao diretor de provas Michael Masi alertar a Mercedes que o heptacampeão ficou próximo de uma advertência por conduta antidesportiva.

"Achei isso estranho porque, primeiro, consegui usar toda a pista. Eu obviamente havia passado Max. E havia passado por inteiro, então não estava ao seu lado tirando ele da pista. E queria garantir a melhor saída da curva possível".

"Então acabei indo mais largo na entrada, Max tentou, acho que não cheguei a rever, mas acho que ele tentou vir por fora, só que não havia espaço. E eu tive a boa saída que queria. Eu não passei da linha branca. Não tentei intencionalmente tirá-lo para fora. Não sabia que ele estava ali porque achei que tinha passado por ele já".

Após uma série de críticas aos comissários e à direção de prova ao longo do ano, com relação à inconsistência nas punições e mais, ambos foram questionados se é preciso revisar o que o regulamento permite ou não e mais, se é preciso sentar com o outro para definirem parâmetros antes da corrida.

Verstappen voltou a defender que é tratado de forma diferente de outros pilotos: "Claramente para mim há regras diferentes em comparação aos outros. Então, bem, tenho clareza sobre o que posso fazer. Mas de algum jeito não é permitido para mim, e liberado para outros pilotos".

"Não acho que precisamos sentar. No final, ambos estamos aqui para vencer. Eu vou fazer tudo que for possível para vencer e conquistar o título. No final, o que for necessário em termos de pontos. Nós corremos bem ao longo do ano todo. E colocamos um bom espetáculo para todos. Com sorte, podemos fazer isso novamente aqui".

Hamilton concordou com o rival: "Não acho que seja necessário [sentar com Verstappen]. Acho que como Max já mencionou, tivemos várias corridas, a maioria boas e alguns incidentes obviamente. Mas gosto de pensar que, com sorte, aprendemos com essas coisas e seguimos adiante".

F1 2021: QUEM CONQUISTA O TÍTULO NO PRÓXIMO FIM DE SEMANA: VERSTAPPEN OU HAMILTON? | TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #151: Hamilton x Verstappen é a maior decisão da história da F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Prost diz que Verstappen x Hamilton vai além de sua rivalidade com Senna
Artigo anterior

F1: Prost diz que Verstappen x Hamilton vai além de sua rivalidade com Senna

Próximo artigo

F1: Ricciardo aparece com tatuagem com rosto de Alonso; entenda motivo

F1: Ricciardo aparece com tatuagem com rosto de Alonso; entenda motivo