Fórmula 1 GP da Espanha

F1: Leclerc "sem resposta" para 'nocaute' no Q1 do GP da Espanha

Monegasco não tem resposta sobre o problema não diagnosticado em seu carro durante o quali

Charles Leclerc, Ferrari SF-23

Foi uma classificação particularmente complicada para Charles Leclerc e a Ferrari. Com um problema não identificado no carro, o monegasco não teve o rendimento necessário para conseguir boas voltas e larga do 19º lugar no GP da Espanha de Fórmula 1.

Leia também:

Em uma sessão de Q1 com bandeira vermelha por um breve período por conta da quantidade de cascalho espalhada na pista, Leclerc relatou um problema com os pneus traseiros pelo rádio, enquanto lutava para fazer uma volta de classificação sólida.

Depois de errar na primeira volta, o monegasco estava sob pressão para garantir uma vaga no Q2 nos segundos finais da sessão, mas não conseguiu mais do que o 19º lugar, enquanto seu companheiro de equipe, Carlos Sainz, passou em quarto.

Depois disso, Leclerc disse que não sabia o que havia de errado com sua Ferrari nas curvas à esquerda de Barcelona durante o Q1.

"Não tenho a resposta. Por enquanto, a única coisa que posso dizer é que as curvas à esquerda não eram dirigíveis", disse ele. "Nas curvas à direita, a sensação era muito parecida com a desta manhã, mas há algo errado nas curvas à esquerda que precisamos analisar e entender, porque estava muito longe do que eu esperava."

Leclerc inicialmente pensou que havia um problema com seus pneus, mas o problema persistiu em seu segundo conjunto, o que o deixou perplexo, já que ele não teve problemas na terceira sessão de treinos livres na manhã deste sábado.

Charles Leclerc, Ferrari SF-23

Charles Leclerc, Ferrari SF-23

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

"Achei que eram os pneus no primeiro jogo, mas depois colocamos o segundo e a sensação era exatamente a mesma", acrescentou. "Eu simplesmente não tinha aderência nas curvas à esquerda com os [pneus] traseiros, então vamos verificar bem o carro e eu ficaria muito surpreso se tudo estivesse bem."

"Mesmo nas condições complicadas desta manhã, eu estava me sentindo muito bem com o carro, então há algo errado."

Enquanto Sainz seguia para o segundo lugar no grid, atrás de Max Verstappen, diante de uma multidão espanhola em êxtase, Leclerc revelou que o comportamento estranho de seu carro quase o fez bater.

"Tive muitos momentos e, mesmo durante a primeira bandeira vermelha, quase perdi o controle e o coloquei na brita em uma curva à esquerda", explicou. "Foi um comportamento muito estranho, então teremos que checar o carro."

Aston-Honda na F1 2026: Detalhes, impacto para RBR/Mercedes e o fator Alonso

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #232 - É o 'fim da linha' para o GP de Mônaco na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Com Gasly punido, Leclerc na última fila e Russell e Pérez largando de trás, veja grid do GP da Espanha
Próximo artigo F1: Russell esclarece que toque com Hamilton aconteceu por falta de comunicação

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil