F1: Limites de pista tornam batalha entre Hamilton e Verstappen "controversa demais", diz Montoya

Ex-piloto da F1 analisou como a polêmica entre os limites de pista mancham uma disputa divertida entre pilotos de diferentes equipes pelo título

Neste início de temporada, o limite de pista tem sido o foco das atenções, causando muita polêmica entre pilotos, equipes e fãs. Para Juan Pablo Montoya, esse debate contínuo na Fórmula 1 acaba tornando a disputa entre Lewis Hamilton e Max Verstappen "controversa demais".

Após o GP de Portugal, a Red Bull deixou clara sua insatisfação com as penalizações sobre exceder limite de pista, que já custaram a Verstappen uma vitória, uma pole e um ponto extra de volta mais rápida até aqui.

Leia também:

O consultor da equipe austríaca, Helmut Marko, sugeriu no final de semana, após Verstappen ter sua volta mais rápida da corrida deletada, que a F1 precisa mudar sua abordagem ao lidar com limites de pista.

Montoya, que correu na F1 no início dos anos 2000, diz que acompanha os fãs ao curtir a batalha direta entre Hamilton e Verstappen neste ano, mas disse que as brigas estão sendo deixadas em segundo plano pelo sempre existente debate sobre limites de pista.

Falando com exclusividade ao Motorsport.TV Live sobre a batalha pelo título da F1, Montoya disse: "Acho que é ótimo. Acho que é ótimo para a TV, especialmente sendo pilotos de equipes diferentes".

"Acho que faltava isso na F1 nos últimos anos. Ter as duas, Red Bull e Mercedes, em uma batalha direta, é muito divertido".

"Mas eu diria que tudo virou controverso demais com os limites de pista. Eu sei que eles estão tentando tornar as pistas mais seguras com áreas de escape e mais, mas é muito difícil de controlar e entender porque em alguns momentos é certo e em outros é errado".

"Quando é preciso tomar uma decisão, é muito difícil. Não tenho nenhuma inveja dos comissários da F1 que precisam lidar com isso".

Mas Montoya acredita que a frustração da Red Bull, por ter que lidar com essas penalizações por conta dos limites de pista, tornam a equipe ainda mais determinada a bater a Mercedes.

"Estou animado porque isso está simplesmente aumentando o nível de raiva na Red Bull. Eles querem muito, muito bater a Mercedes e isso torna tudo muito legal de assistir. Marko é um cara de paciência curta e acho que Max também é assim, então se eles tiverem uma chance, não vão desperdiçar".

Porém, Montoya acredita que as habilidades de Hamilton, aliadas à boa sorte que teve em Ímola quando a bandeira vermelha salvou sua corrida, o tornam um rival difícil para Verstappen bater.

"Olha para Ímola, ele cometeu um erro enorme, saiu da pista. Mas teve sorte da bandeira vermelha ser acionada. Ele ficou em uma boa posição e aproveitou a oportunidade para terminar em segundo. Então como que você bate Lewis quando ele tem tamanha sorte e talento? É muito difícil".

Christian Fittipaldi REVELA detalhes DESCONHECIDOS do dia da MORTE de SENNA

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Oscar das pistas: histórias da F1 que rendem filme

 

compartilhar
comentários
F1: Conheça atualizações que Vettel terá em seu carro para GP da Espanha

Artigo anterior

F1: Conheça atualizações que Vettel terá em seu carro para GP da Espanha

Próximo artigo

F1: Ricciardo exalta Vettel e diz que foi melhor companheiro de equipe

F1: Ricciardo exalta Vettel e diz que foi melhor companheiro de equipe
Carregar comentários