Fórmula 1 Notícias

F1: Docusérie "Lucky" mostra Bernie Ecclestone como você nunca viu antes

Review: nova docusérie de oito partes chega neste mês às plataformas de streaming

Com toda a hype de grandes produções que chegam às plataformas de streaming nos dias de hoje, docuséries são o grande produto do momento. Então, é o momento certo para Manish Pandey, do premiado "Senna", lançar a série documental sobre Bernie Ecclestone.

Um bom presente de Natal que chegará ao Discovery+ e outras plataformas internacionais. Tendo dominado a Fórmula 1 por 40 anos, o dirigente britânico deixou o comando da categoria no começo de 2017, após o grupo Liberty Media comprar o campeonato.

O editor recomenda:

Mas, agora, Ecclestone, de 92 anos, está dando a sua versão dos fatos. Como protagonista da série documental de oito partes, roteirizada e dirigida por Pandey, Ecclestone conta sua história, desde a década de 1950 até a fatídica data de 2017, quando Chase Carey assumiu como CEO da F1 e deu as ordens para que Bernie se colocasse 'de lado' após 35 anos como maestro da elite global do esporte a motor.

Os arquivos de "Lucky" são incrivelmente ricos, com imagens espetaculares que vêm desde os anos 50, incluindo o primeiro GP de F1 da história, em Silverstone, com a presença de Ecclestone. Como mandatário da categoria, Bernie era um homem de poucas palavras, mas, nesta docusérie, o inglês parece confortável para contar-nos sua narrativa, com insights às vezes hilários e outras tantas tristes.

Os primeiros episódios, que remontam aos anos 50, 60 e 70, inevitavelmente abordam várias mortes de pilotos. As inadequadas condições de segurança dos carros e pistas nos primórdios da F1 são tristemente familiares em meio à passagem dos anos e à perda de grandes nomes.

Mike Hawthorn, Peter Collins, Jochen Rindt, François Cevert, Gilles Villeneuve... Ecclestone fez sua parte ao brigar por melhores condições de segurança, particularmante quando assumiu o controle do esporte nos anos 80, colocando e empoderando o Dr Sid Watkins como supervisor médico da F1.

Em "Lucky", Bernie está no seu melhor ao descrever negociações secretas, uma especialidade sua. Como é praticamente impossível ilustrar tais anedotas com imagens de arquivos, os produtores da docusérie adotaram a elegante solução de introduzir animações ao melhor estilo de histórias em quadrinhos, o que funciona surpreendentemente bem. Dito isso, é preciso destacar o trabalho de busca por imagens, com arquivos mostrando promotores de GPs entregando dinheiro a Bernie.

Não à toa, a série documental deve ter feito uma das maiores compras de arquivos de vídeos históricos da F1 de que se tem registro. Quanto a imagens de corridas, há verdadeiras pérolas, como visto em "Senna".

Jean-Marie Balestre, presidente da 'FIA' nos anos 80, com quem Ecclestone disputava poder e que foi um dos 'protagonistas' de "Senna", é uma vez mais fidedignamente retratado, 'contracenando' com Bernie em cenas de humor requintado.

Além disso, os produtores se desafiaram ao colocar Ecclestone como o 'narrador' da série, de modo que a história é vista inteiramente sob sua ótica. Outras figuras icônicas da F1 têm sua visão retratada, mas apenas mediante rápidas passagens baseadas em entrevistas contemporâneas.

Lendas da 'antiguidade', Graham Hill e Colin Chapman aparecem em registros de seu tempo. De qualquer forma, tudo funciona muito bem. Para os principais elementos de storytelling, Ecclestone aparece em um cenário 'brilhoso', todo branco, olhando diretamente para a câmera.

Seu rosto está iluminado, então todos os contornos são visíveis. Sem ter onde 'se esconder', a face conta uma 'história paralela': há emoção, algum arrependimento, muito humor e momentos irônicos de 'acerto de contas'.

Ecclestone ganhou várias manchetes por motivos errados nos últimos tempos, com falas polêmicas sobre Vladimir Putin e Saddam Hussein, por exemplo. Mas esta docusérie não é sobre manchetes, funcionando também como um registro do legado de Ecclestone para seu filho Ace, 89 anos mais novo que Bernie e que dificilmente conhecerá a história de seu pai detalhadamente através do relato direto do patriarca. Além disso, com a série documental, todos nós temos acesso à sua rica história.

Muitos biógrafos e cineastas já quiseram contar a história de Ecclestone, mas Pandey estava no lugar certo e na hora ideal, tendo também a ideia certa, de modo que Bernie se abriu numa proporção tal que é até difícil para quem trabalhou com ele na F1 imaginar.

Claro, a história é contada sob sua ótica, mas, para quem gosta de F1, saber dos bastidores de quem se tornou bilionário por intermédio do maior esporte do mundo, esta série documental preenche muitas lacunas.

Lucky – saiba onde assistir a partir de dezembro de 2022

Reino Unido: Warner Brothers Discovery
Países nórdicos, bálticos, Polônia e Holanda: Viaplay
Japão, Espanha, Alemanha, Áustria e Suíça: DAZN
América do Sul: ESPN 'LATAM'

Outros territórios:  Facebook/LuckyTVSeries

Binotto na Audi? Saiba de novo rumor na F1

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #207 – ‘Era Verstappen’ tem prazo de validade na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 
 
 
 
 
 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: 'Peça' da Mercedes para 2023 promete; saiba mais detalhes
Próximo artigo F1: Vasseur se despede da Alfa Romeo e transição à Ferrari deve começar na próxima semana

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil