Ocon surpreende e vence pela 1ª vez após caos na Hungria; Hamilton é 2º e Max 9º

Francês se beneficiou de erro da Mercedes após incidentes no início e segurou Vettel durante boa parte da corrida

Ocon surpreende e vence pela 1ª vez após caos na Hungria; Hamilton é 2º e Max 9º

O GP da Hungria foi mais um daqueles para entrar para a história da Fórmula 1. Primeiro por produzir um vencedor inédito: Esteban Ocon. O francês da Alpine se beneficiou do grande acidente do início da corrida, com vários carros se acidentando logo após a largada, após Valtteri Bottas acertar Lando Norris e Max Verstappen. Com o impacto, o inglês da McLaren também acertou Sergio Pérez.

Leia também:

Hamilton depois foi 'vítima' da estratégia da equipe, na relargada, quando todo o restante do grid parou para colocar pneus de pista seca, enquanto o inglês mantinha os intermediários. Com isso, ele foi para a última posição, mas conseguiu o terceiro lugar.

Max Verstappen o 10º. George Russell finalmente conseguiu pontuar na Williams com o nono lugar. Seu companheiro, Nicholas Latifi, foi o oitavo.

ATUALIZAÇÃO: Após verificarem que a Aston Martin de Sebastian Vettel continha menos de um litro de combustível ao término da prova, os comissários declassificaram o alemão. Com isso, Hamilton herdou a segunda colocação e Sainz fechou o pódio.

A corrida (e que corrida)

Por causa da chuva que assolou Hungaroring antes da corrida, todos os pilotos foram para o grid com pneus intermediários. Na largada, Bottas largou mal, ficou para trás, na primeira curva acabou atingindo Norris, que acabou acertando Verstappen. O finlandês também bateu em Pérez antes de sair da pista. Com isso, Hamilton pulou à frente com tranquilidade, mas o safety car acabou entrando.

Além de Bottas, Pérez, Stroll e Leclerc abandonavam, com o piloto da Aston Martin acertando o da Ferrari e Daniel Ricciardo. A bandeira vermelha foi acionada em seguida. Apesar de não abandonar, Verstappen tinha o carro bastante danificado na região do assoalho.

Antes da relargada, parada, todos os pilotos - exceto Hamilton - foram para os pits para colocar pneus para pista seca, com o inglês ainda de intermediários.

 

Hamilton teve que fazer o pit stop no giro seguinte, colhendo um grande prejuízo, já que voltou em último.

Ocon, Vettel e Latifi eram os três primeiros colocados nas primeiras voltas. Verstappen era o 11º e Hamilton na 14ª - e última - posição.

Durante a confusão dos pits, quando todos - exceto Hamilton - entraram nos pits, Raikkonen atingiu Mazepin, levando o russo ao abandono. O incidente rendeu 10 segundos ao campeão de 2007. Giovinazzi teve um stop-and-go por execesso de velocidade nos pits.

Verstappen teve trabalho para chegar ao 10º posto, ao bater roda - literalmente - com Schumacher, mas conseguiu concretizar a manobra em seguida. Ao mesmo tempo, Hamilton também tinha dificuldades de superar Gasly.

Na 20ª volta, Hamilton fez seu pit stop, com a Mercedes optando pelo composto duro. Verstappen fez o mesmo no giro seguinte, mas o inglês da Mercedes aproveitou os pneus mais quentes e superou o holandês e Ricciardo ao mesmo tempo, chegando ao 10º lugar.

Aos poucos, Hamilton avançava, chegando na oitava posição com 25 voltas. Ocon ainda liderava, recebendo pressão de Vettel. Verstappen ficava 'preso' atrás de Ricciardo, na 12ª posição.

Na metade da corrida, Ocon liderava, seguido de Vettel, Alonso, Sainz e Hamilton. O espanhol da Ferrari já havia feito sua parada e ficava na expectativa dos três primeiros fazerem o mesmo.

Na 40ª volta, com todos os ponteiros realizando suas paradas, Ocon voltava à ponta, com Vettel em segundo, Sainz, Hamilton e Alonso no top-5.

Sem conseguir avançar, Verstappen fez nova parada, desta vez calçando pneus médios, esperando poder entrar na zona de pontuação.

Apesar do avanço, a expectativa era de mais uma parada de Hamilton, já que não conseguia se aproximar de Sainz. 

A parada acabou acontecendo na 48ª volta, com a Mercedes optando pelos pneus médios. O inglês retornou na quinta posição.

As brigas se localizavam na primeira e terceira posições, com Vettel ainda na busca pela liderança sobre Ocon e Alonso querendo um pódio de Sainz. Ao mesmo tempo, Hamilton mostrava melhor ritmo na quinta posiçção, ainda sonhando com a vitória 100.

Na volta 55, Hamilton começou a travar grande disputa com Alonso, mas o espanhol se sobressaiu. 

 

O pega insano prosseguiu, com os campeões produzindo um grande espetáculo. Mas Alonso errou na abertura da 65ª volta e Hamilton finalmente conseguiu o quarto posto.

No giro seguinte, ele manobrou sobre Sainz e garantiu o pódio.

Enquanto isso, Ocon se mantinha à frente, segurando Vettel para a sua primeira vitória na F1.  

A Fórmula 1 retorna para o GP da Bélgica, no dia 29 de agosto.

Resultado final de pista

Cla   # Piloto Equipe Motor Voltas Diferença Paradas Pontos
1   31 France Esteban Ocon Alpine Renault 70   3 25
2   5 Germany Sebastian Vettel Aston Martin Mercedes 70 1.859 3 18
3   44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 70 2.736 4 15
4   55 Spain Carlos Sainz Jr. Ferrari Ferrari 70 15.018 3 12
5   14 Spain Fernando Alonso Alpine Renault 70 15.651 3 10
6   10 France Pierre Gasly AlphaTauri Honda 70 1'03.614 4 9
7   22 Japan Yuki Tsunoda AlphaTauri Honda 70 1'15.803 3 6
8   6 Canada Nicholas Latifi Williams Mercedes 70 1'17.910 3 4
9   63 United Kingdom George Russell Williams Mercedes 70 1'19.094 3 2
10   33 Netherlands Max Verstappen Red Bull Honda 70 1'20.244 5 1
11   7 Finland Kimi Raikkonen Alfa Romeo Ferrari 69 1 volta 4  
12   3 Australia Daniel Ricciardo McLaren Mercedes 69 1 volta 3  
13   47 Germany Mick Schumacher Haas Ferrari 69 1 volta 3  
14   99 Italy Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Ferrari 69 1 volta 5  
  dnf 9 Russian Federation Nikita Mazepin Haas Ferrari 3   3  
  dnf 4 United Kingdom Lando Norris McLaren Mercedes 2   2  
  dnf 11 Mexico Sergio Pérez Red Bull Honda 0      
  dnf 18 Canada Lance Stroll Aston Martin Mercedes 0      
  dnf 16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 0      
  dnf 77 Finland Valtteri Bottas Mercedes Mercedes 0  

 

PODCAST: Como Verstappen se encaixa entre rivais históricos de Hamilton?

 

.

compartilhar
comentários
F1: Bottas faz 'strike' na largada na Hungria e prejudica dupla da Red Bull
Artigo anterior

F1: Bottas faz 'strike' na largada na Hungria e prejudica dupla da Red Bull

Próximo artigo

F1: Bottas é punido com cinco posições para a próxima corrida em Spa

F1: Bottas é punido com cinco posições para a próxima corrida em Spa
Carregar comentários