Fórmula 1 GP da Áustria

F1: Pérez se diz surpreso com manobra de Russell por não fazer parte "dos padrões" do piloto da Mercedes

Mexicano da Red Bull precisou abandonar após tocar com britânico da Mercedes na Curva 4 ainda na primeira volta

Sergio Perez, Red Bull Racing RB18

Sergio Pérez não teve um bom domingo no Red Bull Ring, durante o GP da Áustria de Fórmula 1. O mexicano se envolveu em um toque com George Russell, ainda na primeira volta, precisou trocar a asa dianteira, mas acabou abandonando a corrida depois de tentar se recolocar no pelotão. E foi justamente esse comportamento do britânico da Mercedes que surpreendeu o piloto da Red Bull.

Na visão de Pérez, a manobra feita por Russell não faz parte do comportamento tradicional do piloto. Sergio alegou ter deixado espaço suficiente para que os dois carros conseguissem fazer a Curva 4 de forma limpa, sem causar nenhum incidente. 

 

 

Leia também:

"Acho que ficou claro, mas para os padrões de George, estou muito surpreso com essa manobra. De qualquer maneira, é muito decepcionante para mim e para a equipe porque claramente hoje teríamos muitas oportunidades", analisou.

Pérez ainda destacou que para os pilotos que brigam pelo título mundial, ou pelo menos para fechar a temporada entre os três melhores da categoria, ter que abandonar uma corrida é algo no qual traz uma grande frustração. Com 11 corridas passadas, o piloto da Red Bull ocupa a terceira posição com 151 pontos. 

Essa foi a terceira vez em que o mexicano precisou deixar a pista mais cedo por conta de problemas irreversíveis no carro e a quinta prova em que não consegue chegar ao pódio. 

Sergio Perez, Red Bull Racing RB18

Sergio Perez, Red Bull Racing RB18

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

"Não foi uma corrida, nem um fim de semana ótimo. Temos muito o que analisar pelo nosso lado para tentar voltar mais forte. É uma grande pena, esses abandonos são muito dolorosos, especialmente quando você está na disputa pelo campeonato, mas isso é apenas uma corrida", finalizou.

Atuando como segundo piloto da Red Bull, Sergio Pérez permanece com a equipe até o fim de 2024 e, nesta temporada, correndo ao lado de Max Verstappen, o time comandado por Christian Horner já soma 359 pontos no campeonato de construtores, vencido pela Mercedes no ano anterior. 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Leclerc, Verstappen e Hamilton são multados após violações de regras de parque fechado
Próximo artigo F1: Wolff diz que Mercedes está no caminho para vencer em 2022

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil