F1: Pérez vê batida inacreditável de Verstappen e erro de Hamilton para vencer GP do Azerbaijão

Piloto da Red Bull conseguiu liderança após batida de Verstappen nos giros finais, quando liderava com tranquilidade

F1: Pérez vê batida inacreditável de Verstappen e erro de Hamilton para vencer GP do Azerbaijão

Sergio Pérez foi o grande vencedor do GP do Azerbaijão de Fórmula 1 neste domingo (06). O piloto da Red Bull ficou boa parte da prova em Baku em segundo lugar, mas contou com o acidente de Max Verstappen a cinco voltas do final quando liderava com tranquilidade.

Além disso, o mexicano relargou na frente e viu o erro de Lewis Hamilton na curva1, em que o inglês acabou jogando fora todos os pontos que ganharia sobre Verstappen.

Sebastian Vettel foi o segundo colocado e Pierre Gasly terminou na terceira posição.

Leia também:

A Corrida

A largada foi limpa e Leclerc conseguiu manter a liderança, seguido de Hamilton e Verstappen, em terceiro. Pérez, que largou em sexto, subiu dois postos e completou a primeira volta em quarto.

Hamilton superou Leclerc na abertura da terceira volta, sem asa móvel, se beneficiando do vácuo do monegasco.

No quarto giro, Esteban Ocon era o primeiro a abandonar, com problemas no motor.

Na sétima volta, Verstappen era o novo segundo colocado, depois de utilizar a asa móvel sobre Leclerc.

Pérez utilizou do mesmo expediente para chegar à terceira posição, além de fazer a volta mais rápida naquele momento.

Entre os ponteiros, Leclerc foi o primeiro a parar, com a Ferrari optando pelos pneus duros. Sainz fez o mesmo na volta seguinte, a 11ª. O espanhol da Ferrari saia da pista na curva 8 logo depois, mas retornava.

Hamilton foi para os pits na 14ª volta, com a Mercedes optando pelo composto duro. Sem perder tempo, Verstappen fazia o mesmo, saindo dos pits à frente do heptacampeão mundial.

Pérez também parou logo depois e conseguiu sair à frente de Hamilton. O mexicano conseguia melhor desempenho no segundo setor e Hamilton, mesmo com asa móvel aberta, não conseguia superar o piloto da Red Bull.

Na metade da corrida, Verstappen liderava com uma vantagem de cinco segundos sobre Pérez, que, por sua vez, já abria dois segundos sobre Hamilton. Stroll era o único a não ter parado, em uma estratégia diferente de pneus. Todos os 19 carros que estavam na pista utilizavam pneus duros.

Na 31ª volta, Stroll chamava o safety car, após bater no muro da reta principal, depois de falha em um dos pneus traseiros.

Os ponteiros optaram por não realizar um pit stop extra e a corrida recomeçou na 36ª volta.

Na relargada, Hamilton bem que tentou, mas não conseguiu superar Pérez. Enquanto isso, Vettel avançava e assumia a quarta colocação, depois de superar Leclerc e Gasly. Bottas caia para a 13ª posição.

 

Alheio a tudo isso, Verstappen em pouco tempo já abria três segundos sobre seu companheiro de equipe.

Mas faltando cinco voltas para o final, Verstappen teve falha no pneu traseiro esquerdo e bateu no muro da reta principal. A bandeira vermelha foi acionada e todos os carros foram para os pits.

 

A direção de prova decidiu por uma relargada parada e todos se posicionaram para as duas voltas finais.

Assim que as luzes vermelhas se apagaram, Hamilton passou reto na curva 1, Pérez assumiu a ponta e Vettel era o segundo colocado. 

O mexicano cruzou a linha de chegada em primeiro, seguido do alemão e Gasly.

A F1 volta em duas semanas, com o GP da França, em Paul Ricard.

Resultado final

Cla   # Piloto Chassi Motor Voltas Tempo Diferença Intervalo km/h Pits Abandono Pontos
1   11 Mexico Sergio Perez Red Bull Honda 51 -       3   25
2   5 Germany Sebastian Vettel Aston Martin Mercedes 51 1.385 1.385 1.385   3   18
3   10 France Pierre Gasly AlphaTauri Honda 51 2.762 2.762 1.377   3   15
4   16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 51 3.828 3.828 1.066   3   12
5   4 United Kingdom Lando Norris McLaren Mercedes 51 4.754 4.754 0.926   3   10
6   14 Spain Fernando Alonso Alpine Renault 51 6.382 6.382 1.628   4   8
7   22 Japan Yuki Tsunoda AlphaTauri Honda 51 6.624 6.624 0.242   3   6
8   55 Spain Carlos Sainz Jr. Ferrari Ferrari 51 7.709 7.709 1.085   3   4
9   3 Australia Daniel Ricciardo McLaren Mercedes 51 8.874 8.874 1.165   3   2
10   7 Finland Kimi Raikkonen Alfa Romeo Ferrari 51 9.576 9.576 0.702   3   1
11   99 Italy Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Ferrari 51 10.254 10.254 0.678   4    
12   77 Finland Valtteri Bottas Mercedes Mercedes 51 11.264 11.264 1.010   3    
13   47 Germany Mick Schumacher Haas Ferrari 51 14.241 14.241 2.977   5    
14   9 Russian Federation Nikita Mazepin Haas Ferrari 51 14.315 14.315 0.074   6    
15   44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 51 17.668 17.668 3.353   3    
16   6 Canada Nicholas Latifi Williams Mercedes 51 42.379 42.379 24.711   2    
17 dnf 63 United Kingdom George Russell Williams Mercedes 48         4 Abandono  
  dnf 33 Netherlands Max Verstappen Red Bull Honda 45         1 Abandono  
  dnf 18 Canada Lance Stroll Aston Martin Mercedes 29           Abandono  
  dnf 31 France Esteban Ocon Alpine Renault 3    

 

F1 2021 - XADREZ de RBR e MERCEDES em Baku: análise do GP do Azerbaijão com Rico Penteado | PÓDIO

 

PODCAST: Quais os episódios fora da F1 que mais marcaram nossas vidas?

 

compartilhar
comentários
PÓDIO: Acompanhe tudo sobre insano GP do Azerbaijão com vitória de Pérez, batida de Verstappen e erro de Hamilton

Artigo anterior

PÓDIO: Acompanhe tudo sobre insano GP do Azerbaijão com vitória de Pérez, batida de Verstappen e erro de Hamilton

Próximo artigo

F1: Verstappen mantém liderança após Baku; Bottas cai para o 6º lugar

F1: Verstappen mantém liderança após Baku; Bottas cai para o 6º lugar
Carregar comentários