F1: Primeiro motor produzido pela Red Bull Powertrains será testado ainda em 2022

No momento, a Honda segue produzindo os motores da Red Bull, em meio a um processo de transição que terminará com a Powertrains assumindo os trabalhos

F1: Primeiro motor produzido pela Red Bull Powertrains será testado ainda em 2022
Carregar reprodutor de áudio

O chefe da Red Bull, Christian Horner, revelou que a primeira unidade de potência produzida pela Red Bull Powertrains será testada ainda neste ano, sendo um passo fundamental para que o time austríaco assuma de vez o papel de fornecedora de motores na Fórmula 1.

Após a decisão da Honda de se retirar da F1 no final de 2021, a Red Bull começou a trabalhar em seu próprio departamento de motores, porque o time austríaco não queria voltar a ser uma equipe cliente.

Leia também:

Desde a criação dessa divisão, a Red Bull vem integrando nomes importantes da categoria ao projeto, com a maioria iniciando em suas funções ainda neste ano.

Em 2022, ainda há um processo de transição, com a Honda produzindo os motores usados pela Red Bull. A fabricante japonesa continua fabricando as unidades da F1 em sua sede em Sakura. Mas a expectativa é de que, a partir do próximo ano, a Red Bull Powertrains assuma o comando da situação, com a conclusão da nova fábrica.

Horner anunciou recentemente os últimos desenvolvimentos da Red Bull no lado do motor, afirmando que a primeira unidade de potência produzida dentro da casa começará os testes de dinamômetro antes do fim do ano.

'Vamos concluir a construção de nossa nova fábrica e fazer a mudança para lá em maio. Até o final do ano, o primeiro motor da Red Bull será testado em dinamômetros", disse. "Então, há muito progresso acontecendo. Estamos em um momento emocionante e esse é um projeto emocionante".

"Atraímos talentos extraordinários de toda a indústria e estamos abrindo um novo capítulo. E, embora 2026 possa parecer tão distante, na verdade está muito mais próximo do que imaginamos".

Apesar do consultor da Red Bull, Helmut Marko, anunciar recentemente que a Powertrains já está trabalhando em cima de um projeto para o motor de 2026, a nova geração de unidades de potência, rumores apontam em uma parceria entre o time austríaco e a Porsche, que deve confirmar sua entrada na F1 assim que o novo regulamento for publicado.

Leclerc IMITA Rosberg, chega à MARCA DE CAMPEÃO e iguala ALONSO; já MAX tem taxa PIOR que LATIFI

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #173: Qual tamanho dos problemas de Verstappen e Red Bull?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Leclerc alerta Ferrari a não "cometer exageros" em meio à pressão da luta pelo título
Artigo anterior

F1: Leclerc alerta Ferrari a não "cometer exageros" em meio à pressão da luta pelo título

Próximo artigo

F1: Norris acredita que resultado da Austrália é o melhor que McLaren pode fazer por enquanto

F1: Norris acredita que resultado da Austrália é o melhor que McLaren pode fazer por enquanto