F1 - Russell aposta em Hamilton e Mercedes campeões em 2021: "Eles têm a experiência"

Britânico falou ainda sobre estreitamento da relação com Hamilton e Mercedes após o fim da temporada atual

F1 - Russell aposta em Hamilton e Mercedes campeões em 2021: "Eles têm a experiência"

A caminho da Mercedes para a temporada 2022 da Fórmula 1, George Russell acredita que sua futura casa e seu futuro companheiro de equipe, Lewis Hamilton, deverão ser os campeões de 2021, apostando na experiência de ambos com os títulos passados.

Com sete corridas para o fim da temporada, Hamilton chega à Turquia na liderança do Mundial, mas com Max Verstappen logo atrás, apenas dois pontos de diferença para o rival da Mercedes.

Leia também:

Questionado na coletiva pré-GP da Turquia sobre quem deverá sair por cima no fim do ano, Russell destacou a boa fase de Verstappen e da Red Bull, mas acredita que a experiência do combo Hamilton - Mercedes falará mais alto.

"Acho que será apertado. Acho que a Mercedes e Lewis têm a experiência e obviamente estiveram nessa posição [de conquistar o título] sete vezes nos últimos sete anos".

"E acredito que isso trabalhe a seu favor quando chegar o momento. Mas obviamente Red Bull e Max têm sido incrivelmente rápidos o ano todo. Mas acho que puramente com base em experiências recentes, acredito em Lewis e na Mercedes".

Russell ainda foi questionado se o anúncio de sua ida para a Mercedes em 2022 levou a mudanças na atitude dos outros pilotos para com ele.

"Para ser honesto não. Sim, tive muito apoio de outros pilotos, o que é legal, e há muitas pessoas que ficaram felizes por me verem ter essa oportunidade".

"Mas não, acho que a maioria dos pilotos têm muito respeito uns pelos outros. E acho que, globalmente, há uma boa relação por todo o paddock".

Questionado se houve uma mudança em seu relacionamento com Hamilton, Russell disse que não, mas espera um estreitamento a partir de 2022, quando os dois formarão a dupla da Mercedes.

"Também não. O relacionamento com Lewis não mudou, mas tenho certeza que crescerá assim que começarmos a trabalhar mais juntos. Mas, como já disse, não estou focando em 2022 ainda".

"E acho que todos queremos superar essa temporada. Todos temos nossas próprias batalhas. E seria muito cedo para tentar integrar os dois lados, seria uma distração para mim e para eles".

"Então quando o momento foi ideal, certamente iniciaremos, dando 120% de nós para garantirmos que estaremos o mais preparados possível para o início da temporada".

F1 2021: Red Bull favorita na Turquia? Mais chuva em Istambul? Rico Penteado responde| TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #136 – Ju Cerasoli faz raio-X da rivalidade Hamilton X Verstappen de quem acompanha direto do paddock

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Fim de restrição à entrada de pessoas do Reino Unido encerra dor de cabeça sobre GP de São Paulo
Artigo anterior

F1: Fim de restrição à entrada de pessoas do Reino Unido encerra dor de cabeça sobre GP de São Paulo

Próximo artigo

F1: Alonso insinua que comissários olham para nacionalidade de pilotos antes de decisões

F1: Alonso insinua que comissários olham para nacionalidade de pilotos antes de decisões
Carregar comentários