F1: Fim de restrição à entrada de pessoas do Reino Unido encerra dor de cabeça sobre GP de São Paulo

Medida também retira proibições de viajantes de África do Sul e Índia; algumas regras de controle ainda estão em vigor

F1: Fim de restrição à entrada de pessoas do Reino Unido encerra dor de cabeça sobre GP de São Paulo

O governo brasileiro retirou as restrições de entrada no país de passageiros vindo de voos do Reino Unido, África do Sul e Índia. Com isso, os organizadores do GP de São Paulo de Fórmula 1 tem menos uma "dor de cabeça" quanto ao público e os turistas no país.

A mudança foi publicada na portaria da última terça-feira (5) em edição extra do Diário Oficial da União. As restrições tinham como objetivo evitar a circulação de novas variantes da Covid-19 no país, que poderiam atrapalhar o avanço da campanha de vacinação. A medida anterior proibia o ingresso de qualquer um que estivesse nos locais citados até 14 dias antes de vir ao território nacional.

Leia também:

Apesar da permissão, algumas regras sobre a entrada no Brasil ainda estão em vigor, como obrigatoriedade de teste negativo ou não detectável de Covid-19 de até 24 horas antes e apresentação da Declaração de Saúde do Viajante - DSV. Os tripulantes das aeronaves estão isentos dessas documentações.

O GP de São Paulo está marcado para 14 de novembro e o governo do estado pretende realizar o evento com 100% de público.

F1 2021: Red Bull favorita na Turquia? Mais chuva em Istambul? Rico Penteado responde| TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #136 – Ju Cerasoli faz raio-X da rivalidade Hamilton X Verstappen de quem acompanha direto do paddock

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Equipe do carro médico será substituída na Turquia após casos de Covid-19
Artigo anterior

F1: Equipe do carro médico será substituída na Turquia após casos de Covid-19

Próximo artigo

F1 - Russell aposta em Hamilton e Mercedes campeões em 2021: "Eles têm a experiência"

F1 - Russell aposta em Hamilton e Mercedes campeões em 2021: "Eles têm a experiência"
Carregar comentários