F1: Sainz lamenta forma como comissários da FIA "brincam com as posições"

Espanhol reclamou de atitude da FIA após ter que ceder posição a McLaren nos Estados Unidos

F1: Sainz lamenta forma como comissários da FIA "brincam com as posições"

Carlos Sainz lamentou a forma como os comissários da FIA "brincam com as posições", após ter que deixar passar Lando Norris e Daniel Ricciardo no GP dos Estados Unidos de Fórmula 1.

Nos momentos iniciais da prova, Sainz protagonizou uma bela batalha ao lado de Norris e Ricciardo. Depois de fazer uma ultrapassagem confusa sobre ambos os carros da McLaren, o piloto da Ferrari cedeu a posição a Ricciardo para evitar uma possível penalidade.

Leia também:

A direção de prova, no entanto, considerou que o piloto afetado pela manobra era Norris e, algumas voltas depois, Sainz foi obrigado a devolver a posição ao britânico.

Em entrevista após a corrida, o espanhol reclamou da forma como os comissários "brincam com as posições".

“Na primeira volta houve um pouco de bagunça com as duas McLaren, estava lutando com os dois, tentei me defender e no final passei na frente deles, mas resolvi deixar um deles passar logo na frente caso os comissários decidissem agir ”, disse o espanhol.

"E no final eles agiram, embora eu tenha deixado passar. É um pouco confuso para ser honesto, não gosto de como eles brincam com as posições. Acho que o que fiz ao deixar um deles passar foi bastante legítimo e deveria ter sido o suficiente."

“Tive que deixar o Lando passar e depois fiquei preso a corrida inteira atrás do Ricciardo. Apostamos em um undercut, mas novamente outro pit stop lento não nos permitiu fazê-lo e ficamos presos de novo atrás dele. Foi ma corrida ruim para mim."

Sainz enfrentou novamente Ricciardo na pista em uma batalha que terminou com um toque entre os dois. O contato danificou parte da asa dianteira do piloto da Ferrari. Falando sobre o incidente, o espanhol disse que "teria feito o mesmo" que o australiano.

“Minha opinião é que o piloto que está por dentro faz esse tipo de coisa de propósito sempre para tentar apertar quem está por fora, eu teria feito o mesmo.", disse Sainz.

“O que acontece é que poderia ter sido menos duro com o contato, acho que poderia ter deixado um pouco mais limpo porque quase girei, mas está tudo bem. Eu teria feito algo semelhante se estivesse no lugar dele."

“Acho que não aproveitamos isso hoje, deveríamos estar à frente dos dois McLarens com o ritmo do carro e não tivemos a oportunidade. Estou decepcionado”, concluiu. 

F1 AO VIVO: Verstappen SEGURA Hamilton após GUERRA ESTRATÉGICA e vence em Austin; veja análise do GP

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #139 – Qual o campeonato da F1 mais emocionante do século?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Ricciardo 'agradece' Sainz por ser chamado de 'sujo' em disputa nos EUA
Artigo anterior

F1: Ricciardo 'agradece' Sainz por ser chamado de 'sujo' em disputa nos EUA

Próximo artigo

F1: Red Bull temia que situação com Schumacher "nos custasse a vitória"

F1: Red Bull temia que situação com Schumacher "nos custasse a vitória"
Carregar comentários