F1: Ricciardo 'agradece' Sainz por ser chamado de 'sujo' em disputa nos EUA

Australiano brincou com o comentário de rival no rádio da Ferrari durante corrida de Austin e disse que "é bom ser assim às vezes"

F1: Ricciardo 'agradece' Sainz por ser chamado de 'sujo' em disputa nos EUA

Daniel Ricciardo não tem receio de acusações de que 'jogou sujo' na luta intensa com Carlos Sainz no GP dos Estados Unidos de Fórmula 1. O australiano inicialmente ficou à frente do espanhol depois de uma batalha acirrada na primeira volta e eles permaneceram próximos durante grande parte da corrida.

Quando o piloto da Ferrari tentou passar na volta 43, eles tocaram e, com alguns alguns danos na na asa dianteira, disse à sua equipe que "isso tinha sido um pouco sujo".

Leia também:

Ricciardo terminou em quinto, uma posição atrás da outra Ferrari, de Charles Leclerc, enquanto Sainz caiu para sétimo.

"Às vezes era, digamos, uma corrida padrão ou algo assim, mas em outras era interessante", disse o piloto da McLaren. "A primeira volta foi muito divertida. Acho que peguei o Carlos na largada, depois ele devolveu com uma boa jogada no giro seis pra sete."

"E então trouxe a disputa de volta na Curva 17, acho que por dentro. Foram três tipos de mudanças de posição, mas isso foi crucial para eu conseguir um top 5 hoje."

"Charles mostrou que a Ferrari era mais rápida, não poderíamos igualar esse ritmo hoje. Obviamente, isso é algo que temos que tentar consertar. Vencer um deles foi bastante recompensador."

"E [Sainz] fez um bom ataque mais tarde na corrida, ficamos lado a lado. Por isso, foi muito divertido e muito necessário segurar com tudo que eu poderia. Obviamente, você não tenta atingir alguém deliberadamente, mas claro que há um pouco de atrito."

"Quando você se coloca do lado de fora, fica um pouco mais exposto. Então, nada foi deliberado, mas acho que é o risco que ele correu ao tentar ir por ali."

Daniel Ricciardo, McLaren, in Parc Ferme

Daniel Ricciardo, McLaren, in Parc Ferme

Photo by: Steven Tee / Motorsport Images

Contado sobre o comentário de Sainz no rádio, ele acrescentou: "Isso é legal. Estou feliz por estar 'sujo'. Sou um cara legal, então está tudo bem ser assim às vezes!"

Ricciardo admitiu que nem sempre é fácil julgar como guardar os pneus no Circuito das Américas: "Foi definitivamente complicado, porque quando você sai dos boxes em um novo conjunto, tem um pouco mais de aderência, mas se usá-lo cedo, cai ainda mais rápido. Foi uma corrida em que você nunca realmente sentiu poderia acelerar."

"Quer dizer, estamos empurrando, mas é apenas para o que o pneu é capaz. Então, definitivamente houve algumas voltas em que você estava um pouco na dúvida se apertava o ritmos ou não"

"E então, quando Carlos começou a vir e me atacar mais, eu não tive escolha a não ser empurrar, e às vezes não sobrou muito."

F1 2021: Verstappen SEGURA Hamilton após GUERRA ESTRATÉGICA e vence em Austin; veja análise do GP | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #139 – Qual o campeonato da F1 mais emocionante do século?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Wolff elogia estratégia da Red Bull em Austin, que Mercedes "não pôde igualar"
Artigo anterior

F1: Wolff elogia estratégia da Red Bull em Austin, que Mercedes "não pôde igualar"

Próximo artigo

F1: Sainz lamenta forma como comissários da FIA "brincam com as posições"

F1: Sainz lamenta forma como comissários da FIA "brincam com as posições"
Carregar comentários