F1: Sainz pede atenção a fiscais de pista em evitar acidentes nas curvas "cegas" de Jeddah

Espanhol da Ferrari elogiou novo circuito da categoria, mas demonstrou preocupação com pontos de visão limitada pelos muros

F1: Sainz pede atenção a fiscais de pista em evitar acidentes nas curvas "cegas" de Jeddah
Carregar reprodutor de áudio

Carlos Sainz reforçou que os oficiais de pista da Arábia Saudita terão que "se manter atentos" devido ao potencial de acidentes na nova pista de Fórmula 1 de Jeddah. As altas velocidades médias e sequências de curvas fechadas e cegas significam que os motoristas terão poucos avisos se houver um acidente à frente.

Com as características do circuito em mente, o espanhol da Ferrari disse que os pilotos terão que contar com os fiscais e o controle de corrida para reagir rapidamente aos incidentes.

Leia também:

"Obviamente, como piloto, você tenta não pensar muito sobre isso", disse Sainz, quando questionado pelo Motorsport.com se ele tinha alguma preocupação de segurança. "Você não quer se concentrar nesse tipo de coisa, mas sim confiar totalmente nos padrões da FIA, que normalmente são precisos e muito bons."

"A única coisa de que falamos é que, se houver um acidente à sua frente, algo como três segundos, estaremos a mais de 250km/h em todas as curvas e não terá tempo de reação, porque haverá uma parede entre a batida e nós, não podemos ver através delas. Este é talvez o único grande ponto a levantar com a FIA, apenas para ficar atento com bandeiras amarelas, carros de segurança e bandeiras vermelhas."

Pierre Gasly, da AlphaTauri, concorda que os fiscais têm de estar atentos ao desempenho das suas funções.

"Acho que todos nós sabemos e todos pensamos sobre isso", disse o francês. "E eu acho que para os fiscais será importante ser realmente rápido e eficiente para reagir, porque onde quer que você desvie, basicamente o carro vai pular de volta na pista, e a velocidade média aqui é de 250km/h."

"Então, vai ser um fim de semana agitado para os caras, e espero que eles estejam cientes disso."

Damon Hill, Sky TV, in a Williams FW07

Damon Hill, Sky TV, in a Williams FW07

Photo by: Simon Galloway / Motorsport Images

Gasly também destacou que uma potencial batida entre os pilotos pode ser uma preocupação durante o fim de semana. Em Baku, o pelotão foi instruído a manter alta velocidade no último setor rápido antes de iniciar suas hot laps ou ao voltar aos boxes, e o francês acredita que seus colegas serão sensatos.

"A alta velocidade você não pode realmente reduzir", disse ele. "Portanto, teremos que usar o bom senso entre os pilotos, porque pode ser muito perigoso."

"Tive a experiência com Brendon [Hartley] em Baku. Em uma seção de alta velocidade, entrar como um carro muito lento em uma curva cega não é algo que devemos fazer. Acho que com a última longa reta, você pode criar sua lacuna no final, mas claramente teremos de ter muito cuidado."

Sainz avalia que os pilotos devem manter uma boa velocidade nas seções rápidas quando não estiverem em uma volta voadora.

"Espero que não haja muito", disse o espanhol. "Não há necessidade de ir muito devagar em todas aquelas curvas de alta, porque o diferencial pode ser enorme aqui em uma volta de resfriamento. Então, vamos ver, pode ser bem interessante."

"Como eu disse, precisamos confiar nas medidas de segurança da FIA e esperar que eles tenham feito o dever de casa corretamente, porque a pista em si parece desafiadora e diferente do que estivemos recentemente."

Circuit detail

Circuit detail

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Deixando de lado as preocupações com a segurança, Sainz vê a natureza de Jeddah como um movimento positivo para a F1.

"Acho que, como linha de base, a F1 deve ter pistas normais, que são rápidas e cheias de curvas de alta velocidade, onde você pode extrair tudo de um carro, mas não ganhar vantagem saindo da pista. É o que acontece nas modernas hoje em dia."

"Eu acho que nós, como pilotos, fomos bem claros que isso é o que queríamos. Isso parece um experimento de circuito de alta velocidade somado a mais paredes, que precisávamos ver como funcionaria."

"Parece que a corrida pode ser realmente divertida. Só espero que tudo esteja obviamente seguro e que não tenhamos surpresas."

F1 AO VIVO: Horner chama Wolff de 'COVARDÃO', Hamilton DETONA Red Bull e Max fala de possível BATIDA

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #149: Frank Williams é o maior personagem da F1 fora das pistas?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Hamilton lidera primeiro treino livre para o GP da Arábia Saudita; Verstappen é 2º
Artigo anterior

F1: Hamilton lidera primeiro treino livre para o GP da Arábia Saudita; Verstappen é 2º

Próximo artigo

F1: FIA realiza testes com asas traseiras em Jeddah para definir flexibilidade da peça

F1: FIA realiza testes com asas traseiras em Jeddah para definir flexibilidade da peça
Carregar comentários