F1: Veja as novas atualizações mostradas no final de semana da Bélgica

Vejam conosco os mais recentes desenvolvimentos técnicos para o GP da Bélgica em Spa-Francorchamps, cortesia de Giorgio Piola e Sutton Images

Mercedes W12 brake drum detail

Uncredited

Análise técnica de Giorgio Piola

Análise técnica de Giorgio Piola

O GP da Bélgica pode não ter ido adiante do modo como esperado, mas as equipes da Fórmula 1 planejavam trazer uma série de novidades para a 12ª etapa da temporada 2021, a primeira após a pausa de verão de três semanas.

A chuva foi um fator determinante ao longo de todo o final de semana, com os pneus intermediários e de chuva extrema sendo utilizados na sexta, no sábado e no domingo, com a grande polêmica da corrida de três voltas para determinar uma classificação final, colocando Max Verstappen como o vencedor, recebendo metade dos pontos distribuídos normalmente.

Leia também:

Mas, ao longo do final de semana, foi possível notar algumas das novidades que as equipes trouxeram para a etapa, que foram utilizadas na sexta e no sábado. Confira na galeria abaixo os desenvolvimentos técnicos do GP da Bélgica em Spa-Francorchamps, em fotos tiradas pelo mago dos desenhos técnicos da F1, Giorgio Piola e a Sutton Images.

A Aston Martin revisou o flap superior da asa dianteira do AMR21 para o GP da Bélgica com uma seção dobrada adicionada à frente do pneu dianteiro para influenciar o fluxo de ar de forma ligeiramente diferente, enquanto reduz o arrasto.
A Red Bull manteve a maior entrada do duto do freio dianteiro introduzida na Hungria, enquanto a seção central do flap superior parece ter sido ligeiramente reduzida em altura para acomodar a asa traseira para melhor downforce.
A asa traseira de baixo downforce do Red Bull foi testada originalmente no Azerbaijão, mas não foi utilizada, pois a equipe sentiu que precisava de mais downforce. No entanto, o projeto retorna para a Bélgica, com a seção externa da aba superior cortada para reduzir a resistencia do ar.
Temos uma excelente visão do ponto de montagem da asa traseira nesta foto da Mercedes W12, que, como você notará, tem uma seção à frente e atrás que não está montada no chão, mas fornece assistência aerodinâmica.
Nesta outra foto da Mercedes  sem a roda traseira montada, temos uma visão das superfícies concorrentes do conjunto do duto de freio e da suspensão vertical, ambas lutando pelo mesmo espaço.
O assoalho do C41 é carregado para a garagem pelos mecânicos enquanto eles preparam o carro para o fim de semana. Observe a complexidade do assoalho, com os cabos do sensor dando uma ideia de quantas tomadas de pressão e sensores a equipe instalou no assoalho.
A asa traseira de menor downforce montada no AlphaTauri AT02 neste fim de semana, enquanto a equipe busca reduzir o arrasto aerodinamico.
Uma olhada na parte dianteira do Williams FW43B com o painel exposto, podemos ver mais alguns detalhes da suspensão interna.
Comparando o Haas VF21, podemos ver as diferentes abordagens tomadas em relação ao design da suspensão
Esta visão de cima para baixo do bico do carro da  Alfa Romeo mostra o quão fora dos bicos as câmera estão montados devido ao design das hastes.
- A asa traseira da Alfa Romeo com a aba Gurney removida para reduzir o vacúo dos adversários.
Um zoom da asa dianteira do AlphaTauri AT02, com sua forma quadrada e pequena cavidade de desvio. As equipes provavelmente irão cortar a borda de fuga do flap superior durante o fim de semana para ajudar a equilibrar o carro e os níveis de downforce.
Um zoom no duto de freio dianteiro simplificado da AlphaTauri AT02 pelos padrões recentes, já que o duto não apresenta nenhuma canalização de fluxo mais complicada no perímetro externo
A asa traseira da AlphaTauri vê a equipe utilizar um ângulo de ataque baixo, enquanto uma aba Gurney é montada na borda de fuga dos flaps superiores para ajudar a equilibrar o carro nas seções de velocidade média baixa da pista
A asa traseira da AlphaTauri vê a equipe utilizar um ângulo de ataque baixo, enquanto uma aba Gurney é montada na borda de fuga dos flaps superiores para ajudar a equilibrar o carro nas seções de velocidade média baixa da pista
Esta foto do Aston Martin nos permite ver a entrada do duto de freio em forma de L, com suas inumerosas aberturas e a saída que alimenta parte do fluxo de ar jogado para fora da roda para alterar a turbulência.
A asa traseira com baixo angulo da Ferrari com uma pequena aba Gurney presa à borda do aerofólio
Uma visão da asa traseira da Mercedes W12, que apresenta um único pilar de montagem central e nenhuma Gurney na borda.
Uma imagem do difusor do McLaren MCL35M, que continua sendo o único a apresentar os fios centrais mais longos que estão conectados à seção de transição do difusor
Outra foto do assoalho da Alfa Romeo enquanto é levado para a garagem, o que mostra as complexidades da montagem
Observando ao longo do chassi Ferrari SF71, podemos ver como a equipe usa faixas na superfície para ajudar a desviar o fluxo de ar no espaço entre ele e o aro da roda.
Esta foto do Alpine A521 sem o painel montado nos permite uma visão dos elementos de suspensão internos que normalmente s]ao cobertos
A asa traseira de baixo downforce pela Alpine requer um par a mais em forma de pescoço de cisne, que também parecem ter um acabamento diferente.
A asa traseira do Alpine recebeu algumas barras de reforço mais uma vez, enquanto a equipe tenta evitar que as travas se movam muito sob carga
Inalterados, mas ainda dignos de nossa admiração, estão o conjunto de defletores laterais, com suas várias superfícies usadas para ajudar a gerenciar melhor o fluxo de ar ao redor do carro.
Esta foto do W12 nos dá algumas dicas sobre a composição interna do freio dianteiro e conjunto da suspensão.
 O difusor no Alfa Romeo C41 pode parecer menos complexo no início, devido à falta de fendas semelhantes na metade inferior dos strakes, mas observe os strakes menores montados no canal externo.
27

F1 AO VIVO - FIASCO NA BÉLGICA: tudo sobre a corrida que NÃO ACONTECEU em Spa; Rico Penteado analisa

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #124 – Qual piloto merece uma segunda chance na F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 : Hamilton desabafa no Instagram após realização do GP da Bélgica
Próximo artigo F1 sentará com equipes para discutir regulamento após "farsa" do GP da Bélgica

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil