F1: Verstappen e Pérez perdem segundo motor após acidentes e se aproximam de punição

Regulamento permite apenas três motores por temporada e alto número de corridas na segunda metade do ano tornam essa punição quase inevitável

F1: Verstappen e Pérez perdem segundo motor após acidentes e se aproximam de punição

O caminho da Red Bull em busca do primeiro título na Fórmula 1 desde 2013 acaba de ganhar mais um desafio inesperado: a Honda confirmou que tanto Max Verstappen quanto Sergio Pérez perderam suas segundas unidades de potência devido aos acidentes recentes, se aproximando de punições pelas trocas futuras.

O acidente em Silverstone deixou muitas interrogações sobre o destino do motor de Verstappen, mas a Honda achava que conseguiria recuperá-lo, o que de fato aconteceu. O holandês chegou a começar o fim de semana no Hungaroring com a unidade, mas a descoberta de uma fissura após a classificação forçou a equipe a trocar para o terceiro conjunto, o último permitido pelo regulamento sem punições.

Leia também:

A Honda mandou a unidade de volta a sua sede de desenvolvimento em Sakura, no Japão, para ver se era possível fazer algum tipo de conserto, o que não foi possível.

Com o terceiro motor já tendo percorrido uma corrida, a Red Bull praticamente confirma que Verstappen tomará uma punição por troca em algum momento da temporada, porque o número de corridas restantes no ano é superior ao que uma unidade de potência tradicionalmente aguenta (cerca de oito).

E o problema da Red Bull não é restrito a Verstappen. Pérez vive o mesmo drama, como consequência do strike de Valtteri Bottas na largada da Hungria. Na corrida, o mexicano conseguiu voltar aos boxes e sair para a relargada, mas acabou parando na pista antes mesmo da saída.

A situação de Pérez é um pouco menos grave que a de Verstappen. O mexicano colocará o terceiro motor neste fim de semana, para o GP da Bélgica, mas as chances de se livrar de uma punição no futuro são baixas. Com dez a doze corridas pela frente ainda na temporada 2021, a Red Bull certamente terá que fazer a troca.

A notícia chega em um momento em que a Red Bull busca recuperar a liderança dos Mundiais. Lewis Hamilton lidera entre os pilotos com oito pontos de vantagem para Max Verstappen enquanto entre os construtores a equipe alemã tem 12 a mais que a rival.

TOP 5: PILOTOS e EQUIPES da F1 que ficaram DEVENDO na primeira metade da TEMPORADA 2021

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #126 – TELEMETRIA: Quem vai se dar bem na segunda metade da temporada de 2021 da F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Verstappen não acha que títulos de Hamilton sejam uma vantagem na luta de 2021
Artigo anterior

F1: Verstappen não acha que títulos de Hamilton sejam uma vantagem na luta de 2021

Próximo artigo

VÍDEO: Verstappen perto de punição, influência de Hamilton na Mercedes e favoritismo em Spa

VÍDEO: Verstappen perto de punição, influência de Hamilton na Mercedes e favoritismo em Spa
Carregar comentários