F1- Verstappen: "esses 'momentos malucos' estão custando o campeonato"

É a segunda corrida seguida que Verstappen sofre com incidentes na largada; ambas ocasiões lhe prejudicaram na disputa do campeonato

F1- Verstappen: "esses 'momentos malucos' estão custando o campeonato"
Max Verstappen disse que ele está desapontado com os "momentos malucos" que lhe custaram pontos valiosos nas últimas corridas, como a colisão no início do GP da Hungria que fez com que só ganhasse um ponto neste domingo.
 
Na pista molhada, Bottas largou lento e perdeu o controle da sua Mercedes, batendo na traseira de Lando Norris que, na sequência, acertou a lateral da Red Bull de Verstappen. O acidente, que também tirou da corrida seu colega Sergio Perez, fez que com que Max caísse no grid e, com seu carro danificado, não passasse de um décimo lugar.
 

Leia também:

 
É a segunda corrida seguida que Verstappen perde uma boa quantia de pontos. Anteriormente, um toque com Hamilton em Silverstone fez com que o holandês batesse à 51G na barreira de pneus.
 
Os problemas de Verstappen fez com que ele perdesse a liderança para Hamilton, que entra nas férias da F1 com uma vantagem magra de seis pontos após a vitória em Silverstone e este terceiro lugar na Hungria.
 
Verstappen disse que está desapontado com esses diversos "momentos malucos" que estão lhe atrapalhando na disputa de título contra o heptcampeão Lewis Hamilton, mas disse que não levará esse sentimento para as férias de verão.
 
"Esses momentos não significam nada. É apenas frustrante. Mas eu sei que quando voltarmos das férias, eu estarei lá de novo e darei o melhor de mim, e claro, espero que o carro esteja competitivo, mas nós veremos. São diversos momentos malucos que agora estão nos custando muitos pontos. A Mercedes estão bem rápidas. Eles nunca desistem. Temos que focar em nós, nós vamos continuar forçando e ver onde terminamos."
 
Verstappen ainda explicou que os danos da sua Red Bull afetaram o downforce e deixaram o carro "quase impossível de dirigir". "De novo, acertado por uma Mercedes. Não é isso que você quer. Depois daquilo eu estava sem quase toda a lateral do meu carro, o bargeboard e o assoalho também estavam danificados", explicou o holandês.
 
"Para ser sincero, estava quase impossível de dirigir. Eu ainda tentei o meu melhor e marquei um ponto, então ainda é alguma coisa, mas claro que não o que eu queria."
compartilhar
comentários
F1: Hamilton passa mal após corrida e é atendido por médico da Mercedes

Artigo anterior

F1: Hamilton passa mal após corrida e é atendido por médico da Mercedes

Próximo artigo

F1: Vettel pode perder segundo lugar da Hungria por causa de combustível

F1: Vettel pode perder segundo lugar da Hungria por causa de combustível
Carregar comentários