Fórmula 1 Testes de fevereiro no Bahrein

F1: Williams desmente possível parceria com Porsche para 2026

Rumores ganharam força nas redes sociais após publicação da Porsche no Instagram

Nicholas Latifi, Williams FW44

Após os rumores de que a Porsche anunciaria nesta segunda-feira (16) sua entrada na Fórmula 1 através de uma compra da Williams, a equipe de Grove precisou vir à público desmentir essa possível parceria com a montadora alemã, que seria válida a partir de 2026.

Desde o ano passado, a Porsche reconheceu abertamente seu interesse para fazer parte do grid da principal categoria do automobilismo mundial a partir de 2026, quando entrará em vigor a nova geração de motores.

Leia também:

A partir daí, a montadora alemã começou a negociar com a Red Bull. Após meses de conversas um acordo quase foi firmado, mas ele caiu por terra de última hora, representando um golpe forte ao sonho da Porsche, que gostaria de entrar na F1 direto com uma equipe forte. Mesmo assim, eles confirmaram a intenção de buscar um novo parceiro.

Nesta segunda, 16 de janeiro, a Porsche chamou a atenção do mundo devido a uma publicação nas redes sociais da equipe da Fórmula E, anunciando um comunicado importante que aconteceria neste dia.

"Liguem seus motores. Algo grande se aproxima", dizia a legenda. E nos comentários, alguns fãs afirmavam que o vídeo escondia um rosto similar ao de Frank Williams, incendiando os rumores de uma possível entre a Porsche e a equipe de Grove.

Após observar tudo que surgiu, a Williams precisou enviar uma mensagem desmentindo a possível aliança com a Porsche.

"Os rumores sobre a possível venda da Williams Racing são incorretos", disse a mensagem. Estamos abertos a qualquer negociação com montadoras sobre o fornecimento de motores a partir de 2026, quando entrará em vigor o novo regulamento. Estamos satisfeitos com a Mercedes e apreciamos o trabalho".

A Dorilton Capital comprou a Williams da família no verão de 2020, após um série de problemas que levaram a equipe à beira da falência. Desde então, a saúde financeira do time melhorou, anunciando na semana passada a contratação de James Vowles como o novo chefe de equipe.

E, no final das contas, o anúncio da Porsche era mais fumaça do que fogo. A montadora confirmou apenas a unificação das contas de suas equipes no mundo do esporte a motor em um mesmo perfil no Instagram, chamado "Porsche Motorsport", englobando informações da Fórmula E, WEC, Porsche Supercup e eSport.

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #212 – Polêmica: as verdades inconvenientes sobre a F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Russell admite que ficou frustrado ao ver Norris e Albon à sua frente em 2019
Próximo artigo ANÁLISE F1: Por que equipes optam cada vez mais por engenheiros na chefia

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil