Grosjean fala em cuidado redobrado em Mônaco este ano

Falta de aderência devido às novas regras pode complicar GP de domingo: "Precisamos ter cautela com o pé direito"

Grosjean fala em cuidado redobrado em Mônaco este ano
Carregar reprodutor de áudio
Depois de conquistar os primeiros pontos da Lotus no ano, no GP da Espanha, Romain Grosjean quer repetir o feito no próximo domingo, em Mônaco. O francês, no entanto, sabe que precisa ter cuidado redobrado na pista de Monte Carlo, até porque os carros em 2014 têm menos aderência do que nos últimos anos.

“Em Mônaco, o piloto deve manter sempre a calma em uma pista que não permite erros. Este ano haverá menos aderência do que no passado, por isso teremos mais cuidado com o pé direito”, disse ao site da F1. “Já fui muito rápido em Mônaco no passado, mas também já bati no muro”, recordou o piloto.

[publicidade] Apesar de considerar que a pista do principado não favorece o E22, Grosjean confia em um bom resultado lá. Primeiro porque o time tem evoluído bastante e segundo pelo trabalho nos treinos da semana passada. “A ênfase em Mônaco está nas curvas de baixa velocidade, o que não é a nossa maior força. Mas a equipe trabalhou durante os testes de Barcelona sempre com Mônaco em mente, portanto daremos o melhor em relação ao acerto. Além disso, o motor é menos importante em Mônaco do que na maioria das pistas, o que é bom para nós”, acrescentou o francês.

E, se a Lotus trabalhou nos testes de Barcelona pensando em Mônaco, melhor para Pastor Maldonado, que terminou a semana na liderança. “O carro deu um grande passo para frente em relação ao lugar onde estávamos, o que motiva a todos em Enstone e dá mais confiança aos pilotos. Espero que possamos começar a obter, na pista, os resultados que tanto merecemos”, disse o venezuelano, que ainda não marcou pontos em 2014 e vem de uma sequência de acidentes na últimas provas.
compartilhar
comentários
Hamilton fala sobre áreas chave onde progrediu de 2013 para 2014
Artigo anterior

Hamilton fala sobre áreas chave onde progrediu de 2013 para 2014

Próximo artigo

Mônaco é pista ideal para pressionar Mercedes, acredita Alonso

Mônaco é pista ideal para pressionar Mercedes, acredita Alonso