Hakkinen: Ferrari tem que “esquecer” ordens de equipe se quiser bater Mercedes

compartilhar
comentários
Hakkinen: Ferrari tem que “esquecer” ordens de equipe se quiser bater Mercedes
18 de abr de 2019 13:00

Bicampeão mundial vê razão em chateação para Charles Leclerc: “a estratégia subsequente o levou para a quinta posição”

O finlandês Mika Hakkinen – campeão mundial de Fórmula 1 em 1998 e 1999 – acredita que a Ferrari deve "esquecer" ordens da equipe se quiser desafiar seriamente a Mercedes nesta temporada.

O ex-piloto defendeu Charles Leclerc e vê o time italiano com muito trabalho a fazer.

Leia também:

"A 75ª vitória de Lewis Hamilton na Fórmula 1 no domingo demonstrou mais uma vez os pontos fortes da equipe Mercedes, que domina o esporte desde 2014", disse Hakkinen em sua última coluna da Unibet.

“Eles têm um ótimo pacote técnico, excelente suporte da equipe e excelente espírito de equipe competitivo entre Hamilton e seu companheiro de equipe Valtteri Bottas.”

“Isso também ajudou a mostrar quanto trabalho a Ferrari ainda tem a fazer – desenvolver um carro rápido o suficiente para dominar a qualificação, ter uma estratégia de corrida claramente definida e eliminar qualquer potencial conflito entre seus pilotos.”

“Charles Leclerc fez um melhor começo de corrida que seu companheiro de equipe da Ferrari, Sebastian Vettel, e deveria realmente ter sido autorizado a seguir e tentar lutar com Bottas, se conseguisse. Em vez disso, ele foi solicitado a diminuir a velocidade e deixar Vettel passar, o que pareceu um erro.”

Vettel está agora a 31 pontos de Hamilton no mundial e apenas um ponto à frente do Leclerc, enquanto a Ferrari já está a 57 pontos da Mercedes depois de três etapas.

"Quando você tem uma equipe tão forte quanto a Mercedes para bater, não adianta jogar", acrescentou Hakkinen.

“A Ferrari precisa parar de se concentrar em si mesma e começar a se concentrar em vencer a concorrência.”

“Na batalha para vencer a Mercedes ninguém deve se importar se é Leclerc ou Vettel quem vence a corrida. Eu acho que Leclerc está certo em ficar chateado, porque a estratégia subsequente o levou para a quinta posição, atrás da Red Bull de Max Verstappen.”

“Vettel e Leclerc têm o potencial de ser uma competição mais forte para a Mercedes durante o ano, mas a Ferrari precisa dar aos pilotos o suporte, a flexibilidade e o foco para fazer isso. Esqueça as ordens da equipe, concentre-se na equipe vencedora.”

“Três corridas em 2019 e, apesar da Ferrari ter o motor mais forte e um bom pacote, a Mercedes continua a dominar. Os erros das outras equipes estão ajudando eles. Mas devemos acreditar que Ferrari e Red Bull Racing possam oferecer uma oposição mais consistente nas próximas corridas.”

Próximo artigo
Verstappen vê Red Bull brigando por vitórias no meio do ano

Artigo anterior

Verstappen vê Red Bull brigando por vitórias no meio do ano

Próximo artigo

Chefe da Red Bull: Gasly tem de ajustar estilo de pilotagem para o carro de 2019

Chefe da Red Bull: Gasly tem de ajustar estilo de pilotagem para o carro de 2019
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Seja o primeiro a receber as últimas notícias