Hamilton aproveita má largada de Rosberg e ganha na Alemanha

Britânico vence em Hockenheim e abre 19 pontos no campeonato de pilotos; Rosberg é quarto e brasileiros abandonam

Hamilton aproveita má largada de Rosberg e ganha na Alemanha
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team VF-16
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 celebrates his pole position in parc ferme with second placed team mate Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1
Mick Schumacher, Prema Powerteam with David Coulthard, Red Bull Racing and Scuderia Toro Advisor / Channel 4 F1 Commentator
Felipe Massa, Williams F1 Team
Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM09
Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS16
Fernando Alonso, McLaren MP4-31 sends sparks flying
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 - race suit
Felipe Nasr, Sauber F1 Team
A Sahara Force India F1 Team tyre being washed
Mercedes AMG F1 motorhome
Fernando Alonso, McLaren MP4-31

Mais uma vez foi tudo definido na largada. Lewis Hamilton garantiu sua 49ª vitória na Fórmula 1 com uma saída perfeita e se aproveitando de uma partida muito ruim do pole e companheiro Nico Rosberg.

O destino da prova foi selado aí. Como na Hungria, Rosberg reagiu mal ao apagar das luzes vermelhas e foi engolido por Hamilton e os dois carros da Red Bull. O piloto não conseguiu passar Ricciardo (que perdeu o lugar para Verstappen na largada) na pista, e mudou de estratégia, parando mais cedo.

Recebendo uma punição por ter, segundo a direção de prova, forçado Verstappen fora da pista em uma ultrapassagem, Rosberg teve cinco segundos acrescidos em sua última parada e caiu para quarto novamente após o pit stop.

Com bom ritmo, Daniel Ricciardo derrotou Max Verstappen na disputa interna das Red Bull, que completaram o pódio.

A Ferrari fez uma corrida bastante opaca. Sebastian Vettel passou Kimi Raikkonen na largada e os dois terminaram em quinto e sexto respectivamente. O time perdeu o segundo lugar entre os construtores para a Red Bull.

Felipe Massa teve azar na primeira volta da prova. Ele foi tocado pelo britânico Jolyon Palmer. A Renault acertou o brasileiro na curva 6, e danificou a traseira da Williams. Reclamando no rádio do comportamento do carro, Massa não foi capaz de fazer uma boa prova. A Williams resolveu retirar Felipe do GP por precaução.

Já Felipe Nasr - que fez uma ótima largada, ganhando cinco posições na primeira curva - acabou tendo o dia comprometido por um pit stop lento e o ritmo ruim de sua Sauber. O brasiliense acabou tendo problemas e abandonou a sete voltas do fim.

Apenas os brasileiros abandonaram.

A corrida

Na largada, Rosberg reagiu mal e foi engolido por Hamilton, Verstappen (que passou o companheiro) e Ricciardo. Na primeira volta, o top-10 era Hamilton, Verstappen, Ricciardo, Rosberg, Vettel, Raikkonen, Bottas, Hulkenberg, Button e Massa.

Sem bom ritmo após um contato com Jolyon Palmer na primeira volta, Massa foi ultrapassado na volta 7 pelo ex-companheiro de equipe Fernando Alonso.

Após as primeiras paradas, Nico Rosberg acabou ficando mais para trás em relação aos dois carros da Red Bull. O alemão contou com um erro de seu time no pneu traseiro esquerdo. Enquanto isso, Hamilton continuava abrindo na liderança.

Após as primeiras paradas, o top-10 era Hamilton, Verstappen, Ricciardo, Rosberg, Vettel, Raikkonen, Bottas, Hulkenberg, Button e Alonso. Massa caiu para 16º lugar.

Rosberg trocou para uma estratégia diferente, parando pela segunda vez mais cedo, sendo seguido por Verstappen. O alemão foi agressivo e ultrapassou o holandês logo após sair dos pits. A direção de prova deu ao alemão cinco segundos de penalização pela manobra.

Verstappen deixou RIcciardo passar pelo terceiro lugar para que o piloto tentasse ir para cima de  Rosberg. Com a parada do alemão, o holandês foi obrigado a cobri-lo, o que deu a Ricciardo vantagem – o australiano voltou à frente de Max após seu último pit stop.

Hamilton não foi ameaçado e liderou tranquilamente as últimas voltas.

A próxima etapa acontece na Bélgica, no dia 28 de agosto.

GP da Alemanha

Pos.PilotoChassiMotorTempo/Dif.
1  Lewis Hamilton  Mercedes Mercedes 1:30'44.200
2  Daniel Ricciardo  Red Bull TAG 6.996
3  Max Verstappen  Red Bull TAG 13.413
4  Nico Rosberg  Mercedes Mercedes 15.845
5  Sebastian Vettel  Ferrari  Ferrari 32.570
6  Kimi Raikkonen  Ferrari Ferrari 37.023
7  Nico Hulkenberg  Force India Mercedes 1'10.049
8  Jenson Button  McLaren Honda 1 volta
9  Valtteri Bottas  Williams Mercedes 1 volta
10  Sergio Perez  Force India Mercedes

1 volta

11  Esteban Gutierrez  Haas Ferrari 1 volta
12  Fernando Alonso  McLaren Honda 1 volta
13  Romain Grosjean  Haas Ferrari 1 volta
14  Carlos Sainz Jr.  Toro Rosso Ferrari 1 volta
15  Daniil Kvyat  Toro Rosso Ferrari 1 volta
16  Kevin Magnussen  Renault Renault 1 volta
17  Pascal Wehrlein  Manor Mercedes 2 voltas
18  Marcus Ericsson  Sauber Ferrari 2 voltas
19  Jolyon Palmer  Renault Renault 2 voltas
20  Rio Haryanto  Manor Mercedes 2 voltas
   Felipe Nasr  Sauber Ferrari  
   Felipe Massa  Williams Mercedes  
compartilhar
comentários
Siga volta a volta o GP da Alemanha de F1

Artigo anterior

Siga volta a volta o GP da Alemanha de F1

Próximo artigo

"Vi o copo meio cheio”, diz Hamilton após vitória importante

"Vi o copo meio cheio”, diz Hamilton após vitória importante
Carregar comentários