Hamilton pede mais liberdade nas mídias sociais para pilotos

compartilhar
comentários
Hamilton pede mais liberdade nas mídias sociais para pilotos
Por:

Britânico espera que novos proprietários da F1 relaxem regras sobre o uso de mídias sociais nos fins de semana de corrida, permitindo aos pilotos maior chance de interagir com os fãs

Chase Carey, Formula One Group Chairman
Chase Carey, Formula One Group Chairman and Bernie Ecclestone
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1, Toto Wolff, Mercedes AMG F1 Shareholder and Executive Director
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1
Toto Wolff, Mercedes AMG F1 Shareholder and Executive Director
Toto Wolff, Mercedes AMG F1 Shareholder and Executive Director
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1, Toto Wolff, Mercedes AMG F1 Shareholder and Executive Director with guests

Os pilotos da F1 estão sujeitos às mesmas restrições de transmissão em vídeo do paddock como qualquer outra pessoa, e alguns - incluindo Lewis Hamilton - estão insatisfeitos com isso.

"Se você olhar para o futebol, a mídia social é muito maior, eles as utilizam muito melhor no futebol, na NBA, na NFL", disse Hamilton durante o lançamento do novo carro da Mercedes de 2017 em Silverstone.

"Na F1 toda vez, toda vez que eu posto uma foto ou vídeo, há um alerta da FIA dizendo para não fazer isso."

"Espero que este ano mudem essa regra e permitam as redes sociais para todos nós, porque ela é, obviamente, um meio incrível para o mundo se comunicar.

"E para que o esporte seja capaz de crescer, é uma ferramenta super fácil de usar, de compartilhar e se engajar com outras pessoas."

Wolff quer que Liberty faça mudanças imediatas

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, concordou com Hamilton sobre o papel das redes sociais, e acredita que o Grupo Liberty Media será capaz de fazer as mudanças nesse departamento mais cedo. 

Embora grandes questões, como a distribuição de renda entre as equipes, permanecem sujeitas a contratos de longo prazo, Wolff diz que outros ajustes poderiam ser vistos já nesta temporada.

"Claro que você está sempre limitado por contratos. Parte do sucesso da F1 foi baseado contratos de longa duração, que dão a estabilidade necessária", disse Wolff. "Isso também significa que provavelmente você não será capaz de mudar tudo de uma vez."

"Mas acho que haverá algumas mudanças de curto prazo, coisas que podem ser implementadas, pelo menos o que ouvimos, em termos de melhorar o show na pista."

"Então acho que algumas coisas vão acontecer muito rapidamente."

Wolff confirmou que vários membros da equipe estiveram em contato com Ross Brawn e os outros novos chefes do esporte.

"Nos falamos umas duas vezes nas últimas semanas, com Ross, com Chase Carey, e com Sean [Bratches ]."

"E eles estão interessados em ouvir nossas opiniões, ouvir onde vemos déficits e onde vemos oportunidades. Foi uma abordagem muito proativa."

VÍDEO: Veja giro em Silverstone narrado por Hamilton em 360°

Artigo anterior

VÍDEO: Veja giro em Silverstone narrado por Hamilton em 360°

Próximo artigo

Williams segue tendência e faz fotos do FW40 com barbatana

Williams segue tendência e faz fotos do FW40 com barbatana
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper