Fórmula 1
03 jul
-
05 jul
Evento encerrado
10 jul
-
12 jul
Evento encerrado
R
GP da Hungria
17 jul
-
19 jul
Próximo evento em
1 dia
31 jul
-
02 ago
Próximo evento em
15 dias
R
GP de 70º aniversário
07 ago
-
09 ago
Próximo evento em
22 dias
28 ago
-
30 ago
Próximo evento em
43 dias
04 set
-
06 set
Próximo evento em
50 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Canceled
25 set
-
27 set
Próximo evento em
71 dias
08 out
-
11 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
-
25 out
Próximo evento em
99 dias
R
GP do México
30 out
-
01 nov
Próximo evento em
106 dias
13 nov
-
15 nov
Próximo evento em
120 dias
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
-
29 nov
Próximo evento em
134 dias

Hoje chefe da equipe, filha de Frank Williams revela paixão juvenil por Senna: "ele era um Deus"

compartilhar
comentários
Hoje chefe da equipe, filha de Frank Williams revela paixão juvenil por Senna: "ele era um Deus"
11 de mai de 2020 20:06

Claire Williams falou sobre “reuniões secretas” entre Frank Williams e brasileiro antes de piloto se juntar ao time

Ayrton Senna e Williams tiveram um longo namoro antes do brasileiro efetivamente sair da McLaren para correr na rival britânica em 1994. O tricampeão mundial teve a possibilidade de se juntar ao time de Frank Williams já em 1992.

Naquela época, Claire Williams, hoje vice-diretora da equipe, era uma adolescente e costumava acompanhar o pai em algumas provas da F1.

Leia também:

Em Live com a jornalista, Mariana Becker, Claire contou uma passagem inusitada nesta época, tendo Senna como ídolo, em uma das reuniões do pai com o piloto.

“Quando eu era mais jovem, Ayrton Senna era um deus da F1 e eu tenho que admitir que como adolescente, eu tinha uma queda por ele.”

“Ele era meu ídolo e quando meu pai tinha reuniões secretas com ele. Ambos se respeitavam muito, meu pai sempre o quis como piloto da Williams e vice-versa, e eles sempre tinham quartos lado a lado nos hotéis. E essas reuniões sempre aconteciam em fins de semana de corridas.”

“Certa vez fui dar boa noite ao meu pai no quarto dele, estava de pijama, e vi Senna conversando com ele. Eu tinha 13 ou 14 anos e não estava com o meu melhor visual, estava um horror, dei meia volta e corri de volta.”

VÍDEOBarrichello relembra em detalhes o dia em que Senna socou Irvine na F1

PODCAST: Senna é o maior esportista brasileiro após a era Pelé?

 

Próximo artigo
Vettel tem ofertas de McLaren e Renault, afirma jornalista italiano

Artigo anterior

Vettel tem ofertas de McLaren e Renault, afirma jornalista italiano

Próximo artigo

Reprise de GP do Brasil de 1991 iguala audiência de VT de tricampeonato de Senna em SP

Reprise de GP do Brasil de 1991 iguala audiência de VT de tricampeonato de Senna em SP
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1