Fórmula 1
R
GP de Portugal
30 abr
Próximo evento em
18 dias
06 mai
Próximo evento em
24 dias
20 mai
Próximo evento em
38 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
52 dias
10 jun
Próximo evento em
59 dias
24 jun
Próximo evento em
73 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
80 dias
29 jul
Próximo evento em
108 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
136 dias
02 set
Próximo evento em
143 dias
09 set
Próximo evento em
150 dias
23 set
Próximo evento em
164 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
171 dias
07 out
Próximo evento em
178 dias
21 out
Próximo evento em
192 dias
28 out
Próximo evento em
199 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
244 dias

Honda não tem interesse em entrar na F-E, apesar de busca por eletrificação

CEO da montadora afirmou ainda que a Honda deve aumentar sua participação nas demais categorias que está envolvida

Honda não tem interesse em entrar na F-E, apesar de busca por eletrificação

Mesmo com a eletrificação de seus carros de rua sendo a principal justificativa apresentada para sua saída da Fórmula 1, a direção da Honda afirmou que não tem interesse no momento de integrar o grid da Fórmula E a partir de 2022. Por outro lado, o CEO da marca frisou que o esporte a motor está no DNA deles e, por isso, continuarão presentes em outras categorias.

A montadora afirmou que tem como objetivo aumentar as vendas de seus carros elétricos e neutralizar as emissões de carbono até 2050.

Leia também:

Mesmo tendo uma visão similar, o CEO da Honda, Takahiro Hachigo, afirmou que não tem planos para integrar a principal categoria de monopostos elétricos, apesar de outras montadoras como Nissan, Porsche, BMW, Audi, Mercedes, Jaguar e DS.

"No que diz respeito às categorias de carros elétricos, não temos planos específicos para participar", disse Hachigo na coletiva onde anunciou a saída da F1.

"Atualmente, estamos nos concentrando em neutralizar as emissões de carbono até 2050. Será um desafio para a Honda e esperamos que nossos fãs nos apoiem nesse próximo período".

Hachigo também deu a entender que um retorno à F1 em um futuro próximo é improvável, mas continuarão presentes em outras categorias, como a Indy.

Takahiro Hachigo, Chief Executive Officer, Honda Motor Co

Takahiro Hachigo, Chief Executive Officer, Honda Motor Co

Fotó készítője: Steven Tee / Motorsport Images

"Queremos ter como meta neutralizar as emissões de carbono até 2050. Agora, vamos concentrar nossos recursos nisso".

"Agora, eu não acho que voltaremos à F1. No entanto, como já expliquei, as corridas são parte do DNA da Honda, por isso continuaremos competindo com toda a nossa paixão nas categorias em que ainda estamos presentes".

"Agora que decidimos encerrar nova era na F1, queremos colocar outros esportes motorizados na frente. Esperamos poder aumentar o entusiasmo nessas categorias em todo o Japão.

Red Bull RB16

(Temporada 2020)

Red Bull Racing-Honda RB16
Motor: Honda
Combustível: ExxonMobil
Pneus: Pirelli

Pilotos:

33 - Max Verstappen

23 - Alexander Albon

Honda anuncia saída da F1 ao final da temporada 2021; veja detalhes

PODCAST Motorsport.com debate a carreira e o legado de Kimi Raikkonen; ouça

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
CEO da Fórmula E analisa futuro da categoria, papel social do esporte e importância do eSport

Artigo anterior

CEO da Fórmula E analisa futuro da categoria, papel social do esporte e importância do eSport

Próximo artigo

Fórmula E terá classificatório mais curto na próxima temporada

Fórmula E terá classificatório mais curto na próxima temporada
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1 , Fórmula E
Autor Egri Dávid