Horner critica conservação extrema de pneus na F1: "Corrida de uma parada são sempre chatas"

compartilhar
comentários
Horner critica conservação extrema de pneus na F1: "Corrida de uma parada são sempre chatas"
Por:

Chefe da Red Bull afirmou que as equipes precisam apostar em estratégias variadas para evitar provas chatas como o GP da Bélgica

Uma das corridas favoritas da maioria dos pilotos, o GP da Bélgica do último domingo se tornou uma prova de gerenciamento de pneus após os pilotos serem forçados a parar para colocar pneus duros na hora que o safety car entrou. E para o chefe da Red Bull, Christian Horner, corridas de uma parada tornam a Fórmula 1 chata.

Max Verstappen, que terminou em terceiro, disse que não curtiu a prova de dentro do carro, porque teve que focar mais em conservar os pneus em vez de conseguir lutar contra as Mercedes.

Leia também:

O vencedor, Lewis Hamilton, ecoou os comentários do holandês, dizendo: "Não é algo que eu goste. Nós queremos atacar, dar o nosso melhor, parar, dar o melhor novamente".

Christian Horner acredita que as corridas onde apenas uma parada é a melhor estratégica acaba levando a situações onde os pilotos entram em modo de conservação de pneus, o que não é bom para o entretenimento.

"Para mim, corridas de uma parada são sempre chatas. Precisamos de corridas com duas ou três paradas. Acho que isso mexe com a ordem e a estratégia".

"Sempre vemos as provas de uma parada, com os pilotos tentando ao máximo conservar o pneu, é difícil. Precisamos de mais variações de estratégia para termos diferenças entre os carros".

Perguntado se a melhor maneira de conseguir isso seria a Pirelli se tornar mais agressiva com as escolhas de pneus, Horner disse: "Em um mundo ideal. Acho que a coisa mais fundamental que precisamos é aumentar a variação de estratégias para uma corrida".

"Basicamente todo mundo escolheu uma estratégia de uma parada na Bélgica. E isso nunca vai produzir um GP animador".

O diretor de provas da F1, Michael Masi, que está envolvido nas discussões com a Pirelli sobre os pneus, não está tão convencido que corridas com apenas uma para é a origem de todos os problemas.

"Acho que é um pouco demais conectar as provas de apenas uma parada com as corridas chatas, porque nós tivemos GPs assim que foram bem legais. Também vimos corridas chatas de duas paradas. Então, essa perspectiva não é algo que eu concordo".

"Mas, tendo dito isso, a FIA, junto com a Pirelli, a F1, as equipes e os pilotos, vão trabalhar juntos para tentar cumprir alguns critérios por ano. Não é segredo que a Pirelli está trabalhando diretamente com eles".

"Mario Isola [chefe de operações da Pirelli na F1], participa de 4 ou 5 reuniões com os pilotos por ano para atualizá-los sobre o desenvolvimento da Pirelli".

"Então eu acho que a evolução é que vamos continuar trabalhando junto com todos os envolvidos para desenvolver um pneu que atenda aos pedidos de todos".

Vettel comenta rumores sobre ida p/ Racing Point e fala de outras categorias para 2021

PODCAST Motorsport.com debate qual seria o calendário ideal da Fórmula 1; ouça

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Ferrari crê que fim do "modo festa" pode mexer com ordem do grid em Monza

Artigo anterior

Ferrari crê que fim do "modo festa" pode mexer com ordem do grid em Monza

Próximo artigo

F1: Vettel lamenta última corrida em Monza sem fãs e elege lembrança favorita de seus anos na Ferrari

F1: Vettel lamenta última corrida em Monza sem fãs e elege lembrança favorita de seus anos na Ferrari
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble