Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
59 dias
06 mai
Próximo evento em
101 dias
20 mai
Próximo evento em
115 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
129 dias
10 jun
Próximo evento em
136 dias
24 jun
Próximo evento em
150 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
171 dias
29 jul
Próximo evento em
185 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
213 dias
02 set
Próximo evento em
220 dias
09 set
Próximo evento em
227 dias
23 set
Próximo evento em
241 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
248 dias
07 out
Próximo evento em
255 dias
21 out
Próximo evento em
269 dias
28 out
Próximo evento em
276 dias
05 nov
Próximo evento em
284 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
297 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
312 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
321 dias

Massa coloca Hamilton no mesmo nível de Schumacher: "Demonstrou capacidade já no primeiro ano na F1"

compartilhar
comentários
Massa coloca Hamilton no mesmo nível de Schumacher: "Demonstrou capacidade já no primeiro ano na F1"
Por:

Em entrevista ao jornal espanhol As, o piloto brasileiro falou também sobre o futuro de Mick Schumacher e Fernando Alonso

Após Lewis Hamilton conquistar o heptacampeonato na Fórmula 1, as comparações com Michael Schumacher tornaram-se inevitáveis e muitos pilotos tem dado suas opiniões sobre o tema. Para Felipe Massa, que correu ao lado do alemão e disputou o título de 2008 com o britânico, ambos estão no mesmo nível.

Em entrevista ao jornal espanhol As, Massa falou sobre os dois multicampeões e ainda analisou o domínio atual de Hamilton com a Mercedes, e se já é possível apontar um momento para que a equipe deixe de ser tão dominante na F1 quanto é atualmente.

Leia também:

Perguntado se ele considera que Hamilton e Schumacher estão no mesmo nível na F1, Massa afirmou que sim, lembrando que o britânico demonstrou toda a sua capacidade desde o início da trajetória.

"Penso que sim, Hamilton está no nível de Schumacher. Ele demonstrou sua capacidade já no primeiro ano na F1, quando teve na sua frente Alonso. E ele só não venceu porque cometeu aquele erro no Brasil".

"Com todos os números que conquistou, demonstra que hoje é o melhor piloto do grid e talvez da história. Esse ano bateu recordes de Schumacher e esses números eram importantes".

Olhando para o futuro, Massa não consegue prever quem pode ser o piloto que conseguirá quebrar o domínio de Hamilton e Mercedes.

"Nesse momento, é difícil apontar um nome, porque Hamilton está fazendo um trabalho incrível, além de ter o carro mais rápido. No ano que vem, antes da mudança no regulamento, será difícil ter alguém para isso. A Red Bull tem um carro competitivo nos últimos anos, mas não o suficiente para lutar pelo Mundial".

"O piloto mais próximo é Verstappen, mas não consegue vencer mais do que três ou quatro provas. Em 2022, com a mudança no regulamento, pode ser que tenhamos uma mudança na ordem. Se eu tivesse que falar dois nomes para esse momento, diria que Verstappen e Leclerc, mas não dá para excluir Hamilton".

Massa ainda falou sobre dois nomes que devem estar presentes no grid da F1 em 2021: Mick Schumacher e Fernando Alonso. Sobre o filho do heptacampeão, o brasileiro voltou a repetir que torce para que o alemão possa melhorar e consiga acompanhar a trajetória de Mick.

"Mick vem fazendo um trabalho importante. Seu começo teve alguns problemas, sem obter os resultados esperados e, em um certo momento, começou a vencer, fazer boas provas. Acredito que ele será o campeão da Fórmula 2 e estará no grid da F1 no próximo ano com a Haas".

"Será incrível ver outro Schumacher na F1, vendo como o sobrenome é passado na história da categoria. Eu espero que Michael possa ver seu filho correndo. Sempre é um sonho de um pai ver se filho chegando à F1 e espero que ele possa sentir isso, melhorando para poder vê-lo lá".

Já sobre Alonso, Massa destacou os desafios que o ex-companheiro de Ferrari terá, ao chegar em uma equipe que ainda não luta pela ponta do grid, além de sua idade.

"Fernando é um fenômeno, um talento difícil de encontrar entre os pilotos. Mesmo assim, temos que lembrar que ele chega em uma equipe que não está lutando pelas primeiras posições e que ele está fora da F1 há dois anos".

"Não dá para esconder que isso pode ter um efeito negativo, assim como Schumacher, que ficou três anos fora e voltou longe de estar no mesmo nível de antes. A idade também é um fator: Fernando terá 40 anos e estará lutando contra pilotos de 20 a 35 anos".

"A idade é um problema, mas temos que reconhecer seu talento e que ele pode se dar bem. Para a F1, é bom tê-lo de volta".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1, MotoGP e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

O que está em jogo nos bastidores do 'duelo' Hulk vs Pérez pela vaga na Red Bull em 2021

Podcast #076 – Hamilton x Schumacher: a comparação entre os campeões da F1

 

McLaren: Ferrari pode lutar pelo terceiro lugar de construtores da F1

Artigo anterior

McLaren: Ferrari pode lutar pelo terceiro lugar de construtores da F1

Próximo artigo

Vettel lamenta não ter conquistado objetivos na Ferrari: “Já não é a grande história de amor”

Vettel lamenta não ter conquistado objetivos na Ferrari: “Já não é a grande história de amor”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Redação Motorsport.com