Últimas notícias

Massa felicita Bottas e rebate Vettel: “Adora criticar”

Brasileiro, que recebeu gesto obsceno do alemão na última volta da corrida, nega ter interferido na luta pela vitória

Felipe Massa, Williams FW40

Felipe Massa, Williams FW40

Sutton Motorsport Images

Felipe Massa, Williams
Felipe Massa, Williams
Felipe Massa, Williams FW40
Felipe Massa, Williams
Felipe Massa, Williams FW40
Felipe Massa, Williams FW40
Felipe Massa, Williams FW40
Felipe Massa, Williams FW40

Nono colocado no GP da Rússia deste domingo (30), Felipe Massa negou qualquer possibilidade de ter interferido na luta pela vitória da prova, quando Valtteri Bottas levou a melhor sobre Sebastian Vettel para vencer pela primeira vez na F1.

Vettel perseguia Bottas de maneira feroz nos giros derradeiros, mas o finlandês conseguiu abrir certa vantagem quando ambos se depararam com Massa, que era retardatário. Bottas despachou o brasileiro rapidamente, enquanto que Vettel demorou algumas curvas a mais.

Vettel reclamou contundentemente de Massa no rádio e mostrou o dedo médio ao brasileiro durante a ultrapassagem. No entanto, o piloto da Williams acredita que não fez nada de errado e aproveitou para alfinetar o alemão.

“Ele nunca critica pelo rádio, não é?  Deixei a linha de dentro para ele e tirei o pé para ele passar. Ele teve medo de colocar por dentro, eu estava completamente pela esquerda. Deixei ele passar depois. De qualquer forma, não tenho certeza se ele conseguiria passar Valtteri na última volta da prova. Ele adora criticar”, disse, em entrevista à emissora inglesa Sky Sports.

Massa deu os parabéns a Bottas, que foi seu companheiro de equipe na Williams por três anos. “Estou muito feliz por ele. Acho que ele merece a posição que teve hoje. É um grande piloto. Talvez as pessoas não estivessem se referindo a ele com a qualidade real dele. Na quarta corrida [pela Mercedes] ele teve sua primeira vitória. Agora ele é um piloto diferente, vitorioso. Estou feliz por ele e vamos ver o que mais ele pode fazer”, comentou.

O brasileiro completou a prova em nono em Sochi após sofrer um furo no pneu, o que o obrigou a fazer um pitstop extra enquanto andava em sexto. “Tinha mais ritmo do que os carros que chegaram à minha frente. Tinha a sexta posição no bolso hoje, mas furos são coisas que podem acontecer. Mas fiquei feliz com minha corrida”, completou. 

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Vettel aceita derrota: “Bottas foi o piloto do dia hoje”
Próximo artigo Hamilton reconhece que não foi "rápido o suficiente"

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil