Fórmula 1
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

McLaren ameaça sair da F1 se categoria não for “financeiramente viável”

compartilhar
comentários
McLaren ameaça sair da F1 se categoria não for “financeiramente viável”
24 de mar de 2019 16:57

CEO do time britânico diz que quer entender proposta da Fórmula 1 para saber se continuar no mundial vale a pena

O chefe da McLaren, Zak Brown, afirmou que se o regulamento da Fórmula 1 de 2021 não garantir um ambiente financeiramente viável em igualdade de condições, a equipe de Woking pode deixar a categoria.

O norte-americano destacou que tem duas condições que espera que o futuro regulamento da F1 ofereça para assegurar a presença da McLaren a longo prazo. Uma reunião para definir diretrizes do regulamento de 2021 está marcada para terça-feira.

Leia também:

"Falando da McLaren, temos duas caixas a ticar: ser financeiramente viável e ter luta de maneira justa e competitiva", disse Brown ao The Guardian.

"Se não for assim, teremos que considerar seriamente nossa posição na F1. Essa não é uma posição em que queremos estar.”

"As pessoas jogam táticas de negociação, mas temos que ser uma equipe de corrida competitiva e fiscalmente responsável e, se acharmos que as novas regras não nos colocam nessa situação, teríamos que rever nossa participação na F1."

Juntamente com a Ferrari, a Mercedes e a Red Bull, a McLaren recebe o pagamento bônus de construtor. Apesar desse privilégio, Brown acredita que o esquema de distribuição de receita da F1 precisa melhorar com base no mérito de desempenho de uma equipe em vez de sua história.

"A distribuição de receita deve ser mais equilibrada, deve ser orientada pelo desempenho", acrescentou.

"Deve haver reconhecimento pela sua história, mas em menor grau.”

"Todos concordamos que a Ferrari é o maior nome e deve ser remunerada como tal, mas não ao nível que é atualmente. Uma vez nivelado, isso deve acelerar a competitividade de todos.

"A F1 teve períodos dominantes, mas uma grande F1 será uma categoria que ninguém mais domina. Podemos ver um time vencendo dois campeonatos em sequência, não cinco ou seis."

Junho é o prazo para congelar as regras da Fórmula 1 para 2021, deixando pouco tempo para novas discussões entre todas as partes envolvidas. Mas Brown está confiante que haverá consenso entre as equipes.

"Estou otimista de que todos participem", disse o chefe da McLaren.

"Haverá pirotecnia até lá. É uma negociação, mas estou otimista de que a F1 fará as coisas certas, para inscrever todas as dez equipes. Teremos uma F1 muito melhor e mais competitiva a partir de 2021."

Uma reunião para definir novas regras para 2021 está marcada para esta terça-feira.

Próximo artigo
Briatore: “Ferrari já começou com seu livro de desculpas”

Artigo anterior

Briatore: “Ferrari já começou com seu livro de desculpas”

Próximo artigo

Herta se junta a Verstappen e Márquez em grupo de vencedores jovens; relembre

Herta se junta a Verstappen e Márquez em grupo de vencedores jovens; relembre
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1