Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
26 dias
06 mai
Próximo evento em
68 dias
20 mai
Próximo evento em
82 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
96 dias
10 jun
Próximo evento em
103 dias
24 jun
Próximo evento em
117 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
124 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
138 dias
29 jul
Próximo evento em
152 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
180 dias
02 set
Próximo evento em
187 dias
09 set
Próximo evento em
194 dias
23 set
Próximo evento em
208 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
215 dias
07 out
Próximo evento em
222 dias
21 out
Próximo evento em
236 dias
28 out
Próximo evento em
243 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
279 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
288 dias

McLaren vota contra reformulação do calendário da F1

Para o chefe da equipe, será muito cansativo para todos os envolvidos na Fórmula 1 realizar longas viagens em um período de tempo tão reduzido

compartilhar
comentários
McLaren vota contra reformulação do calendário da F1

Na última terça-feira, a Fórmula 1 anunciou um calendário atualizado da temporada 2021, com o GP da Austrália, que abriria a temporada, adiado para meados de novembro por causa das dificuldades de realização da corrida em março devido às restrições de quarentena no país.

A mudança do evento de Melbourne resultou na condensação do calendário após o intervalo de agosto e a realização de três corridas seguidas, totalizando de 12 corridas em 16 semanas.

A preocupação das equipes é o impacto que tal programação terá na saúde e no bem estar de todos os envolvidos no circo da F1, com as corridas da Rússia, Cingapura e Japão acontecendo em sequência, seguidas pelo trio EUA, México e Brasil, que envolvem viagens de ida e volta com mais de 25 mil quilômetros antes da exaustiva jornada para a Austrália.

Leia também:

A variedade de fusos horários em algumas semanas deverá ter um efeito significativo na mente e no corpo dos integrantes da F1. Um voo de oito mil quilômetros saindo de São Paulo na segunda-feira, por exemplo, não pousará de volta em Londres até terça-feira à tarde e, então, apenas cinco dias depois, a equipe terá que fazer a viagem de 26.500 quilômetros até Melbourne.

Apesar dos comentários de preocupação de vários chefes de equipe em relação às corridas em sequência realizadas na última temporada e seu impacto na equipe, nove das dez equipes ainda votaram a favor do calendário revisado.

Quando contatado para confirmar sua posição na votação, um porta-voz da McLaren se recusou a comentar, alegando confidencialidade.

De acordo com o site GPFans, a McLaren estava sozinha em sua oposição, citando a intensidade da programação e a preocupação com o bem estar de seu pessoal.

No GP da Rússia do ano passado, o chefe da equipe, Andreas Seidl, afirmou que havia muitos pontos negativos relacionados à realização de três corridas em sequência.

"Uma coisa que é cristalina de nossa parte, que comunicaremos claramente à Fórmula 1, é que três corridas em sequência não são uma forma sustentável de avançar na Fórmula 1", disse Seidl.

"É muito difícil para o nosso pessoal. É simplesmente muito tempo para ficar longe de casa e de nossas famílias e, portanto, é definitivamente algo que somos totalmente contra."

Seidl disse que a temporada passada foi "especial" e que "compromissos" tiveram que ser assumidos, e que "a Fórmula 1 fez um trabalho sensacional apesar da pandemia para conseguir realizar todas as corridas, protegendo as receitas e garantindo o nosso rendimento financeiro".

O chefe da equipe Haas, Guenther Steiner, no entanto, expressou apoio ao calendário, apesar de afirmar que será "desafiador" e "exigente" para sua equipe.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Saiba DETALHES do dia em que MAX Verstappen APANHOU do pai durante Mundial de Kart

 

Temporada de 2021 pode ser a última da Alfa Romeo na Fórmula 1, entenda

Artigo anterior

Temporada de 2021 pode ser a última da Alfa Romeo na Fórmula 1, entenda

Próximo artigo

Ímola espera realizar GP de 2021 com público

Ímola espera realizar GP de 2021 com público
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Redação Motorsport.com