Fórmula 1
03 jul
-
05 jul
Evento encerrado
10 jul
-
12 jul
Evento encerrado
17 jul
-
19 jul
Evento encerrado
31 jul
-
02 ago
Evento encerrado
R
GP de 70º aniversário
07 ago
-
09 ago
Próximo evento em
3 dias
28 ago
-
30 ago
Próximo evento em
24 dias
04 set
-
06 set
Próximo evento em
31 dias
R
GP da Toscana
11 set
-
13 set
Próximo evento em
38 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
-
27 set
Próximo evento em
52 dias
R
GP do Japão
08 out
-
11 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
-
25 out
Canceled
R
GP do México
30 out
-
01 nov
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
-
15 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
-
29 nov
Próximo evento em
115 dias

Mercedes faz escolha conservadora de pneus para Spa e Monza

compartilhar
comentários
Mercedes faz escolha conservadora de pneus para Spa e Monza
Por:
Traduzido por: Daniel Betting
6 de ago de 2018 14:51

A Pirelli divulgou as escolhas de pneus das equipes para os GPs da Bélgica e Itália, duas corridas que terão os compostos médios, macios e supermacios

 

Para os GPs da Bélgica e Itália a Pirelli vai repetir a combinação de pneus que foi usada no Bahrein e na Espanha no início deste ano e vai levar os compostos médios, macios e supermacios.

Em ambas as corridas há alguma divergência entre as equipes de ponta, especialmente para a corrida de Spa, onde a Mercedes fez uma escolha mais conservadora do que a Ferrari, com um foco maior no pneu médio para o rápido circuito belga.

Para o GP da Bélgica, ambos os pilotos da Mercedes vão levar três conjuntos de médios, quatro de macios e apenas seis de supermacios. A Ferrari dividiu suas escolhas, com Sebastian Vettel levando dois de médios, quatro de macios e sete de supermacios, e Kimi Raikkonen com apenas um de médios, cinco de macios e sete de supermacios.

Leia também:

A Red Bull levará ainda menos médios que a Ferrari, com ambos seus pilotos optando por apenas um conjunto. Daniel Ricciardo tem quatro de macios e oito de supermacios, e Max Verstappen terá cinco de macios e sete de supermacios.

Entre os demais, a escolha mais incomum é a da McLaren, com os dois pilotos levando quatro de pneus médios, cinco de macios e apenas quatro de supermacios, menos do que qualquer um de seus rivais.

Para Monza, na semana seguinte, as três melhores equipes optaram por um número similar de médios, com a Ferrari quase evitando o macio e, em vez disso, carregou mais com os médios.

Na Mercedes Lewis Hamilton terá dois jogos de médios, três de macios e oito de supermacios, enquanto seu companheiro de equipe Valtteri Bottas terá um de médios, quatro de macios e oito de supermacios. Na Ferrari, Vettel terá dois de médios, apenas um de macios, e dez de supermacios, enquanto Raikkonen terá um de médios, dois de macios e dez de supermacios.

Na Red Bull, Ricciardo terá dois de médios, três de macios e oito de supermacios, enquanto Verstappen terá um de médios, três de macios e apenas sete de supermacios.

Na McLaren ambos seus pilotos terão dois de médios, quatro de macios e apenas sete de supermacios.

 

Photo by: Pirelli

 

Photo by: Pirelli

Jornal cita caso “dramático” de Lauda antes de transplante

Artigo anterior

Jornal cita caso “dramático” de Lauda antes de transplante

Próximo artigo

Balanço de meio de temporada: Leclerc, a surpresa de 2018

Balanço de meio de temporada: Leclerc, a surpresa de 2018
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Autor Adam Cooper