Netflix pode entrar na luta pelos direitos de transmissão da Fórmula 1 no futuro

Mas fala do CEO Reed Hastings parece uma contradição em relação à filosofia atual da empresa, de focar no entretenimento em vez do jornalismo e do esporte

Netflix pode entrar na luta pelos direitos de transmissão da Fórmula 1 no futuro

A Fórmula 1 parece ser um tema tão importante para a Netflix que faz até a gigante do streaming considerar uma mudança de filosofia, podendo entrar na luta pela compra dos direitos de transmissão da categoria no futuro.

Com documentários sobre Michael Schumacher e Juan Manuel Fangio, além da série Drive to Survive, a Netflix vem se tornando um pólo de atenção para os fãs da principal categoria do automobilismo mundial. E o tópico da F1 pode ser expandido ainda mais no portfólio da empresa nos próximos anos.

Leia também:

Isso foi revelado pelo CEO da Netflix, Reed Hastings, um dos fundadores da empresa, em entrevista à publicação alemã Der Spiegel. Enquanto no passado isso seria descartado, hoje a visão da marca é diferente.

"Há alguns anos, os direitos [de transmissão] da Fórmula 1 estavam à venda. Naquela época, não estávamos entre os concorrentes. Hoje, iríamos pensar nessa possibilidade".

Mas isso representa também uma contradição da parte da Netflix sobre a transmissão de eventos esportivos ao vivo. O próprio Hastings disse que em sua empresa se faz "entretenimento e não jornalismo, que deve ter certos padrões e seguir princípios éticos", afirmando também que "manteriam suas mãos longe dos esportes ao vivo".

"Com as transmissões esportivas, não temos controle sobre a fonte. Não somos donos da Bundesliga [principal divisão do campeonato alemão de futebol]. A Bundesliga pode fazer acordos com quem quiser; Mas esse tipo de controle seria um pré-requisito para nós, para que possamos oferecer aos nossos clientes uma oferta segura".

Mas dois tópicos podem ser pontos-chaves da mudança de visão da Netflix. Primeiro, o grande sucesso de Drive to Survive, que parece ter feito a empresa a avaliar a Fórmula 1 de modo diferente, além de outros esportes. Além disso, a F1 é um dos poucos esportes mundialmente populares, e que não é limitado aos mercados nacionais.

Outro ponto é o que a concorrência vem fazendo. Há alguns anos, o Prime Video, da Amazon, possui um acordo com a NFL, liga de futebol americano, para a transmissão do Thursday Night Football, partida de quinta-feira que abre a rodada do fim de semana.

Mais recentemente, o HBO Max, da Warner, e o Star+, da Disney, expandiram suas ofertas para incluir o esporte ao vivo. No Brasil, o HBO Max transmite partidas da Liga dos Campeões e da Liga Europa da UEFA além do Campeonato Brasileiro. Já o Star+ oferece a programação da ESPN com transmissões próprias, incluindo NFL, NBA, NASCAR, campeonatos europeus de futebol e mais.

F1: SAINZ ridicularizou BARRICHELLO? Entenda CONTEXTO da declaração do espanhol sobre brasileiro

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #133: O que poderia ser melhorado no documentário sobre Schumacher?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Brawn elogia postura "encorajadora" da F1 atual de testar coisas novas
Artigo anterior

Brawn elogia postura "encorajadora" da F1 atual de testar coisas novas

Próximo artigo

F1: Honda revela que atualizou motor de Verstappen em Spa

F1: Honda revela que atualizou motor de Verstappen em Spa
Carregar comentários