Fórmula 1
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
15 dias

Brawn quer todas as equipes da F1 na 2ª temporada de série da Netflix

compartilhar
comentários
Brawn quer todas as equipes da F1 na 2ª temporada de série da Netflix
Por:
8 de mar de 2019 17:58

Diretor esportivo da Fórmula 1 trabalha pela participação de Ferrari e Mercedes no projeto audiovisual

Nesta sexta-feira, a série F1: Dirigir para Viver foi lançada mundialmente na plataforma de streaming Netflix. Apenas oito equipes da Fórmula 1 aceitaram participar do programa, com Ferrari e Mercedes optando por ficar de fora quando as filmagens começaram, na pré-temporada 2018. No fim do ano, a escuderia italiana até permitiu algumas gravações, mas isso não é o suficiente para o diretor esportivo da categoria: Ross Brawn quer que todos os times participem da segunda temporada do produto.

A organização da F1 já está se organizando para concretizar o objetivo do dirigente. Embora a segunda temporada ainda não tenha começado, a produtora Box to Box já fez algumas filmagens nos testes de Barcelona e deve realizar gravações também na Austrália. O país recebe o GP inaugural do ano, em Melbourne.

Leia também:


Brawn está otimista com a participação de todas as equipes. Segundo ele, as escuderias vão compreender a importância de se envolver nas atividades promocionais: “Acho que esse esporte pode crescer, e será mais rápido se todos os times fizerem parte desse processo, sem dúvidas”.

“Acho que as equipes estão começando a reconhecer que seu envolvimento não se restringe à pista. Tem de haver participação em tudo que pode melhorar o esporte. Talvez nem toda escuderia esteja chegando a essa conclusão ao mesmo tempo, mas todas estão percebendo isso. Penso que veremos mais um passo adiante em 2019”.

Durante o lançamento da série, em que viu os dois primeiros episódios, Brawn disse que os fãs querem saber mais sobre as pessoas envolvidas no esporte: “De certa forma, o que vimos aqui é um indicação do caminho que vamos seguir. É um exemplo das mudanças que estão chegando na F1. O lado humano sempre foi fascinante e todos queremos estar envolvidos nessa questão. Eu sei da minha família o quanto eles sofrem e quanto prazer sentem com as corridas”.

Ross Brawn, Formula One Managing Director of Motorsports in a Press Conference

Ross Brawn, Formula One Managing Director of Motorsports in a Press Conference

Photo by: Mark Sutton / Sutton Images

“Você pode ver esse tipo de coisa na série. Desde que começamos essa nova era, uma das coisas que vieram à tona dos fãs é que eles querem saber mais sobre tudo que acontece. Há uma fascinação em relação aos pilotos e o porquê de eles serem especiais. E nos dois episódios, vimos diferentes aspectos da F1. Eu gostei particularmente do segundo – da química entre Carlos Sainz e Fernando Alonso. Tipo de coisa que você não necessariamente vê ou sente normalmente”.

Diretora de marketing da F1, Ellie Norman confirmou que a segunda temporada ainda está sendo debatida com os times: “Conversas estão acontecendo com todos em relação às filmagens. A produtora gravou em Barcelona e estará em Melbourne, e obviamente gostaríamos de ter todas as equipes envolvidas”.

“Apenas começamos as conversas, e isso leva tempo. Acho que a Netflix tem real confiança com a primeira temporada, então estão financiando a Box to Box para cobrir a temporada 2019”.

Norman também reconheceu que a agenda ocupada de Lewis Hamilton dificultou a participação do atual campeão no projeto: “Alguns têm outras atividades. A Mercedes tem muitas com um piloto que gosta de moda, música – não deu para eles encontrarem tempo”.

A TV cameraman at work

A TV cameraman at work

Photo by: Zak Mauger / LAT Images

Próximo artigo
GALERIA: Todas as mulheres que já guiaram um F1

Artigo anterior

GALERIA: Todas as mulheres que já guiaram um F1

Próximo artigo

Toro Rosso: Chassi 'mais complexo' para integração com motor Honda

Toro Rosso: Chassi 'mais complexo' para integração com motor Honda
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper