Sainz mantém tempo da manhã e lidera dia; Ferrari não marca tempo

compartilhar
comentários
Sainz mantém tempo da manhã e lidera dia; Ferrari não marca tempo
27 de fev de 2019 17:02

Time italiano utiliza sessão da tarde para trabalhar em cima de danos no SF90 após acidente de Vettel. Mercedes faz maior quilometragem

Depois de voar pela manhã, Carlos Sainz Jr. conseguiu fechar a quarta-feira, segundo do dia da segunda semana de testes da Fórmula 1 em Barcelona, como o mais veloz. Seu tempo, em 1min17s144, é o mais veloz de toda a pré-temporada até aqui.

Leia também:

Para alcançá-lo, o espanhol da McLaren utilizou os pneus de composto número 4, um grau mais macio que o composto mais utilizado pelas equipes – principalmente as grandes, como Ferrari, Mercedes e Red Bull. Também usando o C4, Sergio Perez assumiu o segundo lugar com o carro da Racing Point na última hora.

O acidente de Sebastian Vettel pela manhã acabou custando caro para a Ferrari, que no período da tarde não conseguiu ir à pista com seu SF90 antes dos últimos oito minutos da sessão. O time não conseguiu reparar o carro a tempo de fazer uma maior quilometragem, com isso ficou com o menor número de voltas do dia entre os dez times da F1, com apenas 41. Charles Leclerc, que deveria testar à tarde, deu somente uma volta e voltou aos pits.

Em contraste, a Mercedes – que mais uma vez foi discreta na tabela de tempos, com Valtteri Bottas e Lewis Hamilton em oitavo e nono lugares, respectivamente – foi o time que mais fez voltas após a falha de sua unidade motriz na sessão da última terça.

Somando as 74 voltas de Bottas dadas pela manhã e as impressionantes 102 de Hamilton à tarde, o time deu ao todo 176.

O quarto colocado foi Kimi Raikkonen. Com o C4 o piloto finlandês cravou a volta de 1min18s209, 0s014 mais lento que Vettel. O único a utilizar os pneus mais macios foi Romain Grosjean da Haas, que com o C5 fez o quinto tempo.

Os dois carros de motor Honda - a Red Bull de Max Verstappen e a Toro Rosso de Daniil Kvyat - ficaram em sexto e sétimo lugares, respectivamente.

A Williams cobriu boa quilometragem, com 130 voltas dadas por Robert Kubica. A Renault, com Nico Hulkenberg e Daniel Ricciardo, também não brilhou na tabela de tempos assim como a Mercedes, preferindo simular corridas. No fim, o time deu 128 voltas.

Os treinos da segunda semana de testes da F1 vão até sexta-feira.

Confira o resultado:

Pos. Piloto   Equipe Tempo Dif. Vts.
1 Carlos Sainz McLaren 1m17.144s   130
2 Sergio Perez Racing Point 1m17.842s +0.698 88
3 Sebastian Vettel Ferrari 1m18.195s +1.051 40
4 Kimi Raikkonen Alfa Romeo 1m18.209s +1.065 113
5 Romain Grosjean Haas 1m18.330s +1.186 120
6 Max Verstappen Red Bull 1m18.395s +1.251 128
7 Daniil Kvyat Toro Rosso 1m18.682s +1.538 101
8 Valtteri Bottas Mercedes 1m18.941s +1.797 74
9 Lewis Hamilton Mercedes 1m18.943s +1.799 102
10 Nico Hulkenberg Renault 1m19.056s +1.912 58
11 Robert Kubica Williams 1m19.367s +2.223 130
12 Daniel Ricciardo Renault 1m22.597s +5.453 72
13 Charles Leclerc Ferrari sem tempo   1

Veja também os compostos utilizados pelos pilotos nas suas melhores voltas:

 
Próximo artigo
Alonso diz que se "sentiria mal" pilotando McLaren na pré-temporada da F1

Artigo anterior

Alonso diz que se "sentiria mal" pilotando McLaren na pré-temporada da F1

Próximo artigo

F1: Williams diz que não atrasou carro por falta de dinheiro

F1: Williams diz que não atrasou carro por falta de dinheiro
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento Teste de Fevereiro em Barcelona II
Seja o primeiro a receber as últimas notícias