Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
19 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
33 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
61 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
68 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
82 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
96 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
103 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
117 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
124 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
138 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
152 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
180 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
187 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
201 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
208 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
222 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
236 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
243 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
257 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
271 dias

Três anos após morte, relembre carreira de Jules Bianchi

compartilhar
comentários
Três anos após morte, relembre carreira de Jules Bianchi
17 de jul de 2018 18:27

Neste especial lembramos a trajetória nas pistas do piloto francês Jules Bianchi, morto nove meses após sofrer um grave acidente durante o GP do Japão de 2014

A carreira do piloto francês no automobilismo começou em 2007, quando em seu primeiro ano na Fórmula Renault 2.0 francesa venceu o campeonato conquistando cinco vitórias e 11 pódios pilotando para a SG Formula.

No ano seguinte, disputou a Fórmula 3 Euro Series, onde terminou em terceiro no campeonato vencido por outra futura estrela da Fórmula 1 Nico Hulkenberg.

Durante a temporada, Bianchi conquistou duas vitórias e sete pódios correndo para a ART Grand Prix.

 

Photo by:

Na mesma temporada, disputou o Masters de Fórmula 3 em Zolder, onde conquistou a vitória ao derrotar Hulkenberg e Jon Lancaster. 

Jules Bianchi, Nico Hulkenberg, Jon Lancaster (ART Grand Prix Dallara-Mercedes)

Jules Bianchi, Nico Hulkenberg, Jon Lancaster (ART Grand Prix Dallara-Mercedes)

Photo by: Lucien Harmegnies

Em 2009, Jules continuou na F3 Euro Series e dominou a temporada, conquistando nove vitórias e 12 pódios para ser campeão.

No mesmo ano, realizou o sonho de sua vida, pilotando pela primeira vez uma Ferrari de Fórmula 1. Impressionado com sua condução, a equipe de Maranello o levou para fazer parte de sua Academia Pilotos.

Jules Bianchi, Tests for Scuderia Ferrari

Jules Bianchi, Tests for Scuderia Ferrari

Photo by: XPB Images

Depois de competir brevemente na GP2 Ásia em 2009 e 2010, disputou uma temporada completa na GP2 em 2010 com a ART Grand Prix, terminando em terceiro no campeonato, atrás de Pastor Maldonado e Sergio Pérez.

Jules Bianchi

Jules Bianchi

Photo by: GP2 Series Media Service

O objetivo de sua vida sempre foi ser o número 1.

Jules Bianchi celebrates his pole position

Jules Bianchi celebrates his pole position

Photo by: GP2 Series Media Service

Para a temporada 2011, Bianchi permaneceu na GP2 com a Lotus ART, terminando em terceiro no campeonato, desta vez atrás de Romain Grosjean e Luca Filippi.

Jules Bianchi

Jules Bianchi

Photo by: GP2 Media Service

Junto de seus compromissos na GP2, Bianchi foi oficialmente confirmado como o piloto de testes da Ferrari para a temporada de 2011.

Em 2011 também competiu na GP2 Ásia, onde terminou em segundo lugar, atrás de Romain Grosjean, com uma vitória e dois pódios.

Jules Bianchi

Jules Bianchi

Photo by: GP2 Media Service

Uma nova temporada e um novo começo ocorreram quando Bianchi se tornou piloto de testes da Force India em 2012.

Jules Bianchi, Sahara Force India Formula One Team, test driver

Jules Bianchi, Sahara Force India Formula One Team, test driver

Photo by: XPB Images

Jules Bianchi, Sahara Force India F1 Team

Jules Bianchi, Sahara Force India F1 Team

Photo by: XPB Images

Ele combinou sua tarefa Force India com a busca do título na Fórmula Renault 3.5, onde conquistou três vitórias e oito pódios e perdeu o título para Robin Frijns na última corrida, em Barcelona.

Jules Bianchi

Jules Bianchi

Photo by: Lucien Harmegnies

Depois de ser piloto de testes da Force India, a Marussia anunciou que Jules Bianchi seria seu piloto titular na temporada de 2013 da Fórmula 1, em vez de Luiz Razia. Ele estreou no GP da Austrália daquele ano.

 

Photo by:

A primeira participação de Bianchi na Fórmula 1: largou em 19º no grid e terminou a corrida de Melbourne em 15º.

Bianchi se destacou em sua primeira temporada na Fórmula 1, com um 13º lugar como melhor resultado, na Malásia.

O momento de destaque da carreira de Bianchi: conseguiu seu melhor resultado na F1 com um nono lugar e os primeiros pontos com a Marussia nas ruas de Mônaco em 2014.

 

Photo by:

A equipe Marussia comemorou o final histórico de Bianchi, que garantiu o futuro da equipe na categoria.

Agora, o carro dorme junto de seu piloto.

 

Photo by:

Descanse em paz Jules, você sempre será lembrado.

 

Photo by:

Próximo artigo
Renault admite pensar em alternativas para caso Sainz saia

Artigo anterior

Renault admite pensar em alternativas para caso Sainz saia

Próximo artigo

Renault: Ter menos corridas por ano “aumentaria valor” da F1

Renault: Ter menos corridas por ano “aumentaria valor” da F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Jules Bianchi