Veja que pilotos mais receberam pontos de punição em 2017

Confira os alvos mais comuns de indisciplina dos comissários da FIA durante a última temporada

Veja que pilotos mais receberam pontos de punição em 2017

Buscando consistência nas penalizações dadas pelos comissários, a Fórmula 1 adotou nos últimos anos um sistema de pontos de punição.

De acordo com o regulamento, os pilotos recebem pontos de penalidade a cada conduta considerada antidesportiva. Eles recebem uma suspensão de uma corrida se acumularem 12 pontos em um período de 12 meses.

Ninguém ainda chegou a essa marca, no entanto alguns pilotos já chegaram perto. Demitido pela Toro Rosso no meio deste ano, Daniil Kvyat chegou a ter dez pontos acumulados em 2017.

Kvyat foi também o piloto que acumulou mais pontos de penalização em 2017, apesar de não ter participado de cinco GPs.

Confira os pilotos que mais foram punidos neste ano:

Daniil Kvyat - 7
Montréal (2): Posição de grid incorreta
Red Bull Ring (2): Causou uma colisão
Silverstone (2): Causou uma colisão
Hungaroring (1): Bloqueio

Romain Grosjean - 6
Xangai (3): Não desacelerou suficientemente sob bandeiras amarelas
Cidade do México (1): deixando a pista e ganhando uma vantagem
Interlagos (2): Causando uma colisão

Kevin Magnussen - 6
Sochi (1): Saiu da pista e ganhou vantagem
Montréal (2): Ultrapassou antes do final do período do VSC
Hungaroring (2): Forçou outro piloto fora da pista
Austin (1): Bloqueio

Nico Hülkenberg - 5
Xangai (2): Ultrapassou no VSC
Xangai (2): Ultrapassou no SC
Abu Dhabi (1): Saiu da pista e ganhou vantagem

Stoffel Vandoorne - 5
Sochi (1): Saiu da pista e ganhou vantagem
Barcelona (2): Causou uma colisão
Red Bull Ring (2): Ignorou bandeiras azuis

Jolyon Palmer - 4
Xangai (3): Não desacelerou suficientemente sob bandeiras amarelas
Monza (1): Saiu da pista e ganhou vantagem

Carlos Sainz Jr. - 4
Sakhir (2): Causou uma colisão
Montréal (2): Causou uma colisão

Sergio Pérez - 3
Mônaco (3): Causou uma colisão

Sebastian Vettel - 3
Baku (3): Condução perigosa

Max Verstappen - 3
Hungaroring (2): Causou uma colisão
Austin (1): Deixando a pista e ganhou vantagem

Felipe Massa - 3
Spa-Francorchamps (3): Não desacelerou suficientemente sob bandeiras amarelas

Kimi Räikkönen - 3
Spa-Francorchamps (3): Não desacelerou suficientemente sob bandeiras amarelas

Lewis Hamilton - 2
Sakhir (2): Pilotou desnecessariamente devagar

Pascal Wehrlein - 2
Barcelona (2): Não entrou nos boxes do lado certo do cone

Jenson Button - 2
Mônaco (2): Causou uma colisão

Fernando Alonso - 2
Suzuka (2): Ignorou bandeiras azuis

Marcus Ericsson - 2
Austin (2): Causou uma colisão

Lance Stroll - 1
Austin (1): Bloqueio

*Daniel Ricciardo, Valtteri Bottas, Esteban Ocon, Pierre Gasly, Antonio Giovinazzi, Brendon Hartley e Paul di Resta não receberam pontos de punição em 2017

compartilhar
comentários
Red Bull mira renovar com Ricciardo até 2020
Artigo anterior

Red Bull mira renovar com Ricciardo até 2020

Próximo artigo

Haas: provamos que novatas podem evitar vexame na F1

Haas: provamos que novatas podem evitar vexame na F1
Carregar comentários