Vettel lamenta uso da estratégia de três paradas

compartilhar
comentários
Vettel lamenta uso da estratégia de três paradas
15 de mai de 2016 15:49

Alemão viu outros pilotos parando apenas duas vezes e com desempenho superior

The podium, Ferrari, second; Max Verstappen, Red Bull Racing, race winner; Sebastian Vettel, Ferrari, third
The podium, Ferrari, second; Max Verstappen, Red Bull Racing, race winner; Sebastian Vettel, Ferrari, third
The podium, Ferrari, second; Max Verstappen, Red Bull Racing, race winner; Sebastian Vettel, Ferrari, third
The podium, Ferrari, second; Max Verstappen, Red Bull Racing, race winner; Sebastian Vettel, Ferrari, third
Race winner Max Verstappen, Red Bull Racing celebrates with the champagne on the podium
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H leads team mate Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H

Enquanto Kimi Raikkonen terminou o GP da Espanha muito próximo a Max Verstappen, Sebastian Vettel estava a mais de cinco segundos atrás do jovem holandês.

A diferença pode estar na estratégia diferenciada dos dois primeiros colocados em relação a Vettel e Ricciardo, que ficou colado no alemão quase por toda parte final da prova. Ao final da corrida, o tetracampeão não esqueceu de saudar o grande nome do dia e falou sobre o andamento da competição.

"Acho que primeiramente tenho que parabenizar o Max (Verstappen). Foi uma grande vitória. No fim, foi o dia dele."

"Deveríamos estar um pouco mais próximos, mas tentamos de tudo. Tentamos na estratégia, mas não deu certo. Mas a equipe se esforçou bastante."

"Tentamos de tudo para chegar à frente no final, mas fomos surpreendidos pela superioridade de quem fez duas paradas", disse Vettel.

"Não tivemos um bom dia ontem, nos classificamos mal mas nos recuperamos. Como eu disse, foi o dia do Max. Respeitamos isso, parabenizamos a ele e sua equipe."

Vettel está convencido de que a Ferrari foi mais rápida do que a Red Bull com os pneus macios, mas admitiu que a coisa mudava em se tratando dos médios.

"Sendo honesto, nas primeiras voltas me senti realmente bem, mas lutamos com os pneus médios", acrescentou.

"Os médios foram os pneus mais lentos para nós. Fomos mais rápidos que os Red Bulls com os macios, com os médios não fomos capazes de criar algo."

"No segundo stint você poderia ver que eu estava perto, mas não era capaz de colocar pressão sob Max."

Próximo artigo
Mesmo em segundo, Kimi se diz "desapontado" pelo resultado

Artigo anterior

Mesmo em segundo, Kimi se diz "desapontado" pelo resultado

Próximo artigo

Lauda culpa Hamilton por acidente "estúpido" com Rosberg

Lauda culpa Hamilton por acidente "estúpido" com Rosberg
Carregar comentários
Seja o primeiro a receber as últimas notícias