Fórmula 1
06 mai
Próximo evento em
59 dias
20 mai
Próximo evento em
73 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
87 dias
10 jun
Próximo evento em
94 dias
24 jun
Próximo evento em
108 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
115 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
129 dias
29 jul
Próximo evento em
143 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
171 dias
02 set
Próximo evento em
178 dias
09 set
Próximo evento em
185 dias
23 set
Próximo evento em
199 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
206 dias
07 out
Próximo evento em
213 dias
21 out
Próximo evento em
227 dias
28 out
Próximo evento em
234 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
270 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
279 dias

Vettel questiona novo procedimento de largada da F1

Alemão acredita que depois de duas ou três provas, as largadas não serão mais caóticas como se espera no domingo

compartilhar
comentários
Vettel questiona novo procedimento de largada da F1
Sebastian Vettel, Ferrari
Sebastian Vettel, Ferrari
Sebastian Vettel, Scuderia Ferrari
Sebastian Vettel, Scuderia Ferrari

A expectativa do público e da comunidade que acompanha a Fórmula 1 é que no próximo domingo, em Spa-Francorchamps, teremos uma largada à moda antiga, com pilotos se "enrolando" na hora da saída, com favoritos tendo que correr atrás do prejuízo, causando boa ação entre os pilotos e entretenimento a quem assiste.

Mas parece que essa não é a opinião de todos. Para o piloto mais vencedor do grid, Sebastian Vettel, não há muito o que esperar.

"Realmente não entendi aonde querem chegar com isso. Acho que não vai mudar muito."

O tetracampeão minimizou o efeito a médio prazo:

"Acredito que depois de duas ou três corridas as coisas voltarão ao normal."

E ressaltou que quem está ali, tem preparo suficiente para se adaptar às novas situações:

"Talvez seja um pouco caótico no domingo e talvez no próximo também, mas há muitas pessoas inteligentes na Fórmula 1. Acredito que os pilotos são capazes de fazer muitas coisas."

VÍDEO: Ferrari X McLaren. Confira quem levou a melhor na disputa em LEGO

O coro contra os novos procedimentos ganhou força também com a opinião de outro campeão: Jenson Button. O piloto da McLaren também minimizou os efeitos dos novos procedimentos:

"Você vai ter que ter boa memória. Normalmente nos falam algo cinco segundo antes, mas dessa vez será com 10 minutos de antecedência. Então teremos que lidar com isso."

E acrescentou:

"Não acho que mudará muita coisa, a não ser se o piloto esquecer de fazer alguma coisa. A equipe não está autorizada a falar com a gente, mas podemos dizer o que queremos para o time e isso é ótimo.

Na contramão...

Mas, como dizia Nelson Rodrigues, toda unanimidade é burra. Se no atual grid alguns minimizam, outros estão preocupados, como no caso do vice líder do campeonato, Nico Rosberg:

"Será uma grande diferença. Se você pegar os áudios das últimas provas, vai perceber que conversamos desde a saída dos boxes até a largada. Agora será um silêncio absoluto e ainda teremos que fazer as mesmas coisas.

"Farei uma série de procedimentos que vou ter que lembrar, o que tornam as coisas mais difíceis. Eu estava no simulador na terça-feira, praticando", concluiu o alemão.

Ele e seu companheiro de equipe, o líder do campeonato, Lewis Hamilton, já penaram em largadas neste ano, especialmente nas duas últimas etapas, em Silverstone e Hungaroring.

Bottas critica rumores "desnecessários" sobre sua ida à Ferrari

Artigo anterior

Bottas critica rumores "desnecessários" sobre sua ida à Ferrari

Próximo artigo

Promotor do GP da Bélgica esbanja otimismo para o presente e futuro

Promotor do GP da Bélgica esbanja otimismo para o presente e futuro
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Sub-evento Quinta-feira
Localização Spa-Francorchamps
Pilotos Sebastian Vettel
Autor Erick Gabriel