Giaffone não acreditava em saída da F1 da Globo e diz que Band “fez lição de casa”

Em entrevista exclusiva, piloto e comentarista deu detalhes de como aconteceu sua volta à emissora

Giaffone não acreditava em saída da F1 da Globo e diz que Band “fez lição de casa”

Uma das grandes novidades da nova equipe da Band que cobrirá a Fórmula 1 e as principais categorias do esporte a motor do Brasil é a volta de Felipe Giaffone. O piloto, comissário da FIA e comentarista está de volta à emissora em que passou por 10 anos comentando a Indy.

Leia também:

Em entrevista exclusiva ao Motorsport.com, ele admitiu que acreditava que a F1 não sairia da Globo e que, quando saiu do Grupo em que esteve por dois anos, não estava fechado com a Band. Veja abaixo:

“Foi um final ano complicado”, disse Giaffone. “Eu tinha certeza de que a F1 estaria na Globo, mas certeza mesmo. Todos com quem eu falava me diziam: ‘não fechou com a Globo, mas eles (F1) não tem pra onde ir’, algumas pessoas sabiam que a situação estava brava, mas eu coloquei no modo automático e fiquei tranquilo.”

“Quando o Alfredo Bokel me ligou para falar sobre a desistência da Globo com a F1, eu achava que ele estava me dizendo para me preparar, e foi um banho de água gelada. Eu tinha sim o convite de continuar com eles, afinal o SporTV tem a Stock Car, a Fórmula E, e me dei muito bem com eles, é um grupo fantástico. Só que aquilo foi desmantelando por motivos óbvios.”

“Quando definiram a saída da F1 da Globo, eu pensei e vi que a F1 era o lugar que eu gostaria de estar, mas não estaria mais lá, então eu tive que tomar uma decisão. Sempre joguei muito aberto e disse: ‘independentemente se eu fechar com a Band, eu estou fora’. Eu corri um risco grande de ficar a pé. Todo mundo acha que ao sair da Globo eu já estava fechado com a Band.”

Giaffone também comparou as duas emissoras em que esteve, dizendo que a Band “fez a lição de casa”.

“São duas grandes empresas, obviamente todos sabem que a Globo é maior. Como empresa, eu devo dizer que dei muita sorte, eu não tive problema com ninguém na Band por 10 anos. Na Globo eu era carteira assinada, eu tinha muito mais compromissos, mas fazia aquilo que eu gostava também.”

“O que me chamou a atenção quando cheguei na Globo foi que eles tinham uma preocupação muito grande. Era um pouco tenso no começo, porque tudo tinha que estar perfeito.”

“São empresas que trabalham um pouco diferente e hoje a Band está sentindo isso, tanto que está levando todo mundo para lá. Eles estavam cientes da necessidade de ter experts. A Band fez a lição de casa e contratou a galera toda.”

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Mercedes pode ter reinado derrubado após dificuldades vistas na pré-temporada?

 

compartilhar
comentários
Análise técnica: veja por que o 'polêmico' difusor da McLaren é legal
Artigo anterior

Análise técnica: veja por que o 'polêmico' difusor da McLaren é legal

Próximo artigo

F1: Veja como funciona a 'arma' misteriosa usada nos testes no Bahrein

F1: Veja como funciona a 'arma' misteriosa usada nos testes no Bahrein
Carregar comentários