Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
24 dias
06 mai
Próximo evento em
66 dias
20 mai
Próximo evento em
80 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
94 dias
10 jun
Próximo evento em
101 dias
24 jun
Próximo evento em
115 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
122 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
136 dias
29 jul
Próximo evento em
150 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
178 dias
02 set
Próximo evento em
185 dias
09 set
Próximo evento em
192 dias
23 set
Próximo evento em
206 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
213 dias
07 out
Próximo evento em
220 dias
21 out
Próximo evento em
234 dias
28 out
Próximo evento em
241 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
277 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
286 dias

Williams celebra prazo dado pela Dorilton para reconstrução da equipe

O chefe da equipe, Simon Roberts, celebrou o fato dos novos donos entenderem que uma equipe na F1 não se reconstrói da noite para o dia

compartilhar
comentários
Williams celebra prazo dado pela Dorilton para reconstrução da equipe

A Williams está em um momento de reestruturação da equipe, visando sair da má fase que enfrenta desde 2018 e que teve um pico negativo na temporada 2019 da Fórmula 1, com o péssimo FW42. Mas os novos donos da equipe britânica, a Dorilton Capital, entende que um time não sai do buraco da noite para o dia e, por isso, determinaram um longo prazo para essa reconstrução.

Ainda na época em que a família Williams estava à frente da equipe, a direção deixava claro que o objetivo era ter novamente o nome Williams na disputa pelas primeiras posições do grid. Mas o caminho para isso será longo.

Leia também:

A Williams conseguiu evoluir entre 2019 e 2020, entregando um carro que tinha uma performance bem melhor em comparação com o ano anterior. George Russell conseguiu colocar diversas vezes o FW43 no Q2 dos treinos classificatórios e a dupla pôde disputar posições contra Haas e Alfa Romeo no pelotão do fundo do grid. Mas, obviamente, a Williams quer ir além disso, colocando como próximo objetivo voltar a integrar a parte intermediária do grid.

Simon Roberts, chefe da Williams, disse em entrevista que a Dorilton Capital tem sido muito compreensiva com relação à reconstrução da equipe, dando um bom prazo para que isso aconteça sem com menos pressão em cima de todos.

"Eles trabalham com um prazo de 10 anos. Para o nosso projeto, isso é ótimo", disse Roberts ao site GPFans. "Isso não quer dizer que não temos nenhuma pressão. Eles esperam uma melhora de nossa parte e estamos prontos para isso".

"Somos uma ótima equipe, um grupo de pessoas super competitivas. Nenhum de nós está contente em ficar em último no Mundial. Todos queremos evoluir e estamos desesperados para isso, mas sabemos que as outras equipes também estão evoluindo".

Roberts ainda disse acreditar que a compra da equipe pode deixar a Williams em uma situação melhor para a introdução do novo regulamento técnico, em 2022.

"Não deve mudar muita coisa em 2021, mas, com sorte, estaremos em uma posição melhor em 2022. Se tivesse acontecido há mais de um ano, teria sido ainda melhor".

"Mas, se eles quisessem que estejamos no meio do grid já em 2021, seria tarde demais. Com sorte, não é isso que eles querem. Eles querem que construamos algo, colocando as peças para o futuro".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

A dois meses da F1 2021, novela de Hamilton com Mercedes tem novos capítulos

PODCAST: Chico Serra esclarece rivalidade com Piquet, amizade com Senna e briga com Raul Boesel

 

Ferrari anuncia teste em Fiorano com Sainz, Leclerc, Schumacher e membros da Academia

Artigo anterior

Ferrari anuncia teste em Fiorano com Sainz, Leclerc, Schumacher e membros da Academia

Próximo artigo

F1: Honda entregará à Red Bull motor de 2022 para correr em 2021

F1: Honda entregará à Red Bull motor de 2022 para correr em 2021
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Redação Motorsport.com