Wolff: “Hamilton parece estar em um campeonato à parte”

compartilhar
comentários
Wolff: “Hamilton parece estar em um campeonato à parte”
Por:

Depois de preocupações na pré-temporada, chefe da Mercedes e piloto inglês comemoram ritmo da sexta-feira em Melbourne

Toto Wolff, Executive Director, Mercedes AMG F1
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Sparks fly from the rear of Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, afirmou que Lewis Hamilton parece estar “em um campeonato à parte” após o primeiro dia de atividades da F1 em 2017, no GP da Austrália.

O tricampeão liderou seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, em quase 0s6 no primeiro treino livre em Melbourne, e ficou meio segundo à frente da Ferrari de Sebastian Vettel na segunda sessão.

O ritmo apresentado pelo inglês na sexta-feira causou otimismo em Wolff, que afirmou, em entrevista à emissora Sky Sports: “Ele [Hamilton] realmente está em um campeonato à parte neste momento. O ritmo em volta rápida está realmente bom, e a simulação de corrida está estável. Ele usou o pneu ultramacio por 15, 16, 17 voltas, algo assim. Foi algo estável e estou feliz”, comentou.

Na coletiva de imprensa realizada com os chefes de equipe, Wolff acrescentou: “Ele teve um ótimo dia no geral. Para a equipe, foi uma das melhores sextas-feiras depois de ter dúvidas nos testes. É bom reagir desta forma.”

Primeiro dia foi “99% perfeito”

Assim como Wolff, Hamilton se mostrou bastante satisfeito com sua performance, afirmando que se sentiu aliviado ao ter um carro “exatamente como deveria ser” depois de problemas nos testes de pré-temporada.

“Depois de sofrer com alguns problemas em Barcelona, não sabíamos se enfrentaríamos o mesmo por aqui”, afirmou.

“O que realmente me encoraja é que chegamos à pista apenas uma semana mais tarde e o carro está exatamente como deveria ser. É uma sensação ótima e os rapazes fizeram um trabalho fantástico. Mostramos boa forma até agora tanto em volta lançada quanto em ritmo de corrida e fizemos cada volta como gostaríamos.”

Contudo, o inglês insistiu que ainda se sente ameaçado pela Ferrari. “Antes de hoje, não sabíamos onde estaríamos. Vimos no primeiro treino livre que as Ferraris não mostraram seu máximo. E, claro, no segundo treino livre, de repente, eles foram rápidos. Vamos ver amanhã como isso ficará.”

Com relatos adicionais de Jonathan Noble

Hamilton supera recorde de Schumacher; Massa tem problemas

Artigo anterior

Hamilton supera recorde de Schumacher; Massa tem problemas

Próximo artigo

Vettel: falta de equilíbrio provocou distância para Hamilton

Vettel: falta de equilíbrio provocou distância para Hamilton
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Localização Melbourne Grand Prix Circuit
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Autor Valentin Khorounzhiy