Otimista, Nelsinho diz voltar a "brigar por pontos" na F-E

Brasileiro, campeão da primeira temporada da Fórmula E, teve segunda temporada bastante complicada e agora aposta na evolução do conjunto motriz da NextEV para voltar a figurar constantemente na zona de pontuação

Otimista, Nelsinho diz voltar a "brigar por pontos" na F-E
Nelsinho Piquet e Nicolas Prost
Nelsinho Piquet e Sébastien Buemi
Nelsinho Piquet em Hong Kong
Nelson Piquet Jr., NEXTEV TCR Formula E Team
Nelson Piquet Jr., NEXTEV TCR Formula E Team
Nelson Piquet Jr., NEXTEV TCR Formula E Team
Carregar reprodutor de áudio

Campeão da primeira temporada da Fórmula E, Nelsinho Piquet teve uma segunda temporada complicada com a NextEV, que apresentou um conjunto motriz incapaz de brigar pelas primeiras posições.

Prestes a iniciar a terceira temporada na categoria de carros elétricos, Nelsinho está otimista quanto à evolução do pacote da NextEV e aposta que será possível figurar com regularidade na zona de pontuação, algo raro na temporada passada.

“Estou muito otimista em voltar a brigar pelos pontos na F-E. Depois de uma temporada inesquecível com as vitórias em Long Beach e Moscou e a conquista do título, sofremos com um carro muito pesado na segunda edição do campeonato", disse.

"Aprendemos muito e conseguimos evoluir bem o equipamento para a terceira temporada. Sei que teremos concorrência fortíssima e ainda passaremos por um período de adaptação com tanta gente nova no time. Mas nossa meta é brigar pelos pontos ao longo da temporada e, quando a pista for favorável, lutar pelo top-5”, afirmou o brasileiro, que segue tendo Oliver Turvey como companheiro de equipe.

Na terceira edição da F-E, cinco etapas serão realizadas pela primeira vez: Hong Kong, que abre o campeonato, Marrakesh - a primeira em solo africano na história da categoria - Bruxelas, Montreal e Nova York, que fecha o campeonato.

Nelsinho celebra a entrada das novas etapas e acredita que a rápida adaptação às pistas pode ser uma vantagem. "Fico contente com mais pistas inéditas. Acho que foi um dos nossos diferenciais na primeira temporada, pois conseguia pegar o estilo das pistas novas antes dos adversários e era possível tirar alguma vantagem disso. Espero que seja assim de novo, já a partir de Hong Kong”, completou.

compartilhar
comentários
Di Grassi vê terceira temporada da F-E ainda mais parelha
Artigo anterior

Di Grassi vê terceira temporada da F-E ainda mais parelha

Próximo artigo

Sauber revela que esteve perto de ter programa na F-E

Sauber revela que esteve perto de ter programa na F-E