Monger é mantido em coma induzido após amputação

Piloto de 17 anos sofreu forte acidente em Donington Park no domingo na prova da F4 Britânica

Monger é mantido em coma induzido após amputação
Billy Monger
Billy Monger
Billy Monger
Billy Monger
Carregar reprodutor de áudio

Billy Monger foi transportado para o Queen's Medical Center e colocado em coma induzido durante a cirurgia que retirou as duas pernas do jovem piloto de 17 anos.

Uma declaração da F4 informa que a condição de Monger é "crítica, mas estável" e que seus sinais vitais "estão mostrando progresso."

Se espera que ele seja acordado nos próximos dias.

"A família de Billy gostaria de expressar sua gratidão pela atenção médica em Nottingham e aproveitar esta oportunidade para agradecer às equipes médicas, comissários, e pessoal do atendimento aéreo por sua habilidosa resposta e trabalho duro."

"Além disso, eles gostariam de agradecer aos colegas de Billy, amigos, fãs e todos que demonstraram seu afeto por ele nos últimos dias. Essas mensagens ajudam a dar a grande força necessária para o processo de recuperação que está por vir."

"A comunidade da F4 e o mundo do automobilismo estão, sem dúvida, entristecidos por essa notícia, mas estão convidados a respeitar o desejo da família de privacidade durante este momento difícil."

Uma página de angariação de fundos foi criada nesta quarta-feira pelo chefe da equipe JHR de Monger, Steven Hunter, para ajudar na reabilitação do piloto.

Mais de £80.000 (mais de R$ 320 mil) foi arrecadado após poucas horas de sua criação.

Patrik Pasma, o piloto do carro atingido por Monger, foi levado para o mesmo hospital após o acidente, mas foi libertado na segunda-feira sem ferimentos graves.

compartilhar
comentários
Após acidente, britânico de 17 anos tem pernas amputadas
Artigo anterior

Após acidente, britânico de 17 anos tem pernas amputadas

Próximo artigo

Drama de Monger comove mundo do automobilismo; veja reações

Drama de Monger comove mundo do automobilismo; veja reações
Carregar comentários