FIA Motorsport Games: Raphael Reis foca em aprender circuito e long runs em Paul Ricard

23º no ranking mundial das categorias TCR, brasiliense teve seu primeiro contato com a pista localizada na cidade de Le Castellet

Raphael Reis

Um primeiro dia de aprendizado para Raphael Reis. Em seu primeiro contato com o Circuit Paul Ricard, em Le Castellet, na França, no primeiro treino livre para as competições do Turismo da segunda edição do FIA Motorsport Games, considerado a "olimpíada" do automobilismo, o brasiliense se concentrou em aprender a pista e estabelecer um bom ritmo nos long runs, já pensando nas duas corridas de domingo.

Leia também:

Bem credenciado pelo recém-divulgado ranking mundial da TCR, onde está colocado na 23ª posição, à frente de vários pilotos que disputam o WTCR, principal campeonato da categoria, o piloto do Cupra León #77 da Volcano Motorsports encerrou a sessão desta sexta-feira na 11ª posição, mas destacou o fato de ter se entendido bem com o traçado de Paul Ricard. A meta de Raphinha, agora, é trabalhar voltas lançadas no segundo treino livre e na classificação, que serão disputados neste sábado.

Raphael Reis será o representante brasileiro no Turismo. Uma das seis modalidades fundadoras da primeira edição do FIA Motorsport Games em 2019, o Turismo volta mais uma vez seguindo o bem-sucedido regulamento das competições internacionais de TCR. Os carros são homologados motores turbocomprimidos de dois litros, com 350 cavalos de potência, tração dianteira e câmbio de seis marchas. Serão dois treinos livres de 30 minutos, uma classificação com o mesmo tempo, além de uma corrida classificatória de 25 minutos + 1 volta antes da decisão das medalhas, no domingo, com 30 minutos + 1 volta de duração.

O TCR South America apareceu na carreira de Raphinha Reis em 2021. Ele foi um dos primeiros pilotos a serem contratados pela categoria. Na equipe W2 Pro GP, foi terceiro colocado na primeira temporada. Neste ano, disputou o título até a última etapa do campeonato, mas ficou novamente com a terceira posição no campeonato. Foi o suficiente, porém, para se colocar entre os principais pilotos do mundo no TCR.

Neste fim de semana, em Le Castellet, Raphinha vai usar o mesmo Cupra Leon que lhe deu o terceiro lugar nesta temporada do TCR South America. Além disso, ainda levou alguns engenheiros e mecânicos da equipe W2 Pro GP para ajudar no trabalho. Trabalho em equipe para encarar o primeiro desafio na Europa e tentar lutar por uma das medalhas no FIA Motorsport Games em 2022.

“O objetivo foi completado aqui, a gente saiu com a cabeça de conhecer a pista”, disse Reis. “Vários pilotos passaram pneus novos, mas nós optamos por sair com o acerto de long run para ficar o máximo de tempo na pista. A ideia era essa, era aproveitar todas as voltas possíveis para aprender o máximo possível da pista. Claro que queríamos um resultado um pouco melhor, mas acho que saímos com o objetivo cumprido. Agora é analisar bastante, fazer um bom trabalho aqui de análise de dados, de vídeos, com o pessoal da Volcano. E amanhã mudar um pouco a cabeça, pensando mais em voltas rápidas.”

Programação:

Sábado, 29 de outubro:

7h20 – Treino livre 2 (Turismo)

13h05 – Classificação (Turismo)

Domingo, 30 de outubro:

7h30 – Corrida classificatória (Turismo)

10h30 – Corrida das Medalhas (Turismo)

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior FIA Motorsport Games: Baptistas destacam aprendizado na primeira corrida após 6ª posição
Próximo artigo FIA Games: Clerot finaliza o dia de treinos em quarto lugar e briga por medalha em Paul Ricard

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil