Fórmula 1
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
MotoGP
04 out
-
06 out
Evento encerrado
R
GP do Japão
18 out
-
20 out
Próximo evento em
4 dias
IndyCar
30 ago
-
01 set
Evento encerrado
20 set
-
22 set
Evento encerrado
NASCAR Cup
04 out
-
06 out
Evento encerrado
Stock Car Brasil
13 set
-
15 set
Evento encerrado
18 out
-
20 out
Próximo evento em
4 dias

Nasr lamenta fim precoce de prova: "gostaria que tivesse voltado"

compartilhar
comentários
Nasr lamenta fim precoce de prova: "gostaria que tivesse voltado"
28 de jan de 2019 16:24

Brasileiro esteve perto de vencer 24 Horas de Daytona, após perder liderança ao sair da pista por causa da água acumulada na curva 1

O Cadillac #31 dos brasileiros Felipe Nasr e Pipo Derani e do norte-americano Eric Curran, esteve próximo da vitória das 24 Horas de Daytona neste domingo. Enquanto a chuva caia de maneira incessante, chegando a acumular água em vários pontos da pista, um deles foi o calcanhar de Aquiles do ex-piloto da Sauber.

Nasr acabou saindo na curva 1 enquanto liderava. Ele conseguiu retornar para a briga, mas Fernando Alonso assumiu a ponta. Quatro minutos depois, uma nova bandeira amarela e, logo em seguida, a vermelha, interrompeu a corrida para não voltar mais.

Leia também:

Depois da maratona aquática, Nasr lamentou estar tão perto do triunfo, tendo que se conformar novamente com a segunda posição, mesma colocação de 2018.

“Tínhamos um bom carro no seco e no molhado e estava tudo indo muito bem até a chuva cair forte”, disse Nasr. “Não tinha o que fazer. Estava na frente e fui o primeiro carro a passar ali naquele momento, aquaplanei e perdi a liderança.”

“Mas eu gostaria que a corrida tivesse voltado. Nosso carro era muito bom, fizemos um grande trabalho a corrida toda e tudo estava saindo como o planejado. Acredito que tínhamos um carro para vencer e gostaria de ter terminado a prova, se pudesse”.

“Mas foi incrível. Todo o trabalho da equipe em cada pit stop para a troca de pneus, o trabalho dos mecânicos e fizemos a volta mais rápida da corrida. O Eric e o Pipo também foram ótimos, mas queríamos ter terminado num lugar melhor do que segundo”.

Pipo Derani, que já conseguiu um triunfo em Daytona logo em sua primeira tentativa, também lamentou a chuva.

“Foi uma corrida infernal. Tivemos um dia difícil, com muita chuva. Foi muito triste não brigar pela vitória no final, mas estamos felizes por terminar esta corrida tão complicada. Tudo poderia acontecer.

Próximo artigo
Farfus destaca vitória com “significado especial” em Daytona

Artigo anterior

Farfus destaca vitória com “significado especial” em Daytona

Próximo artigo

Alonso queria paralização de prova em Daytona quando estava em 2º

Alonso queria paralização de prova em Daytona quando estava em 2º
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria IMSA