Acidente de Zanardi que assombrou o mundo completa 20 anos; brasileiros relembram

Christian Fittipaldi e Tony Kanaan falaram do grave acidente de piloto italiano e do seu poder de superação

Acidente de Zanardi que assombrou o mundo completa 20 anos; brasileiros relembram

Há exatos 20 anos, Alessandro Zanardi protagonizou um dos acidentes mais terríveis da sua carreira, que obrigou o piloto italiano a amputar suas duas pernas. Durante a etapa alemã de Lausitz da CART, o italiano saia de um pit stop e perdeu o controle de seu carro ainda na faixa de saída. Ele acabou entrando já no traçado dos pilotos em bandeira verde e foi atingido em cheio por Alex Tagliani, em uma velocidade estimada de 305 km/h.

Dois brasileiros que estavam naquela corrida, Christian Fittipaldi e Tony Kanaan – à época companheiro de equipe – falaram ao Motorsport.com recentemente sobre o acidente e também do grande espírito lutador de Zanardi.

Christian comentou que este foi o momento mais pesado em sua carreira, que chegou a pensar em abandonar o esporte a motor. A descrição de sua visão logo após a batida é chocante.

“No acidente do Zanardi eu vi a hora que eu passei com o carro após a bandeira amarela e meu spotter, que era um inglês frio, eu nunca o vi falar com tanta intensidade como ele falou. Foi uma cena que eu nunca mais vou esquecer. Na hora que passei com o carro de primeira marcha, eu dei aquela olhada e consegui ver sangue da perna dele no chão, e eu tentei entender o que aconteceu, eu não consegui perceber na hora que o carro tinha sido dividido no meio.”

Já Kanaan comentou sobre a grandiosidade do piloto, também com algo místico.

“Zanardi é um batalhador, um cara positivo, um cara que ganhou medalhas de ouro na paralimpíada", disse Tony. "Depois do acidente, ele tinha tudo para falar, ‘quer saber agora? Acabou minha vida’, e estava lá, dois meses depois já estava visitando a gente na corrida de Toronto com a prótese."

"Nas 500 Milhas que ganhei, ele nunca tinha visto o evento pessoalmente e em 2013 ele falou, ‘eu vou aí te assistir’. Ele apareceu na pista e levou as medalhas de ouro. E ainda me falo: 'as minhas medalhas têm um poder mágico, se você esfregar as mãos nela, elas vão te trazer sorte’."

"Peguei as medalhas, fui ao meu motorhome, dei uma cochilada - como sempre faço antes de cada Indy 500 - com elas e ganhei a corrida. Para quem viu pela TV, há uma imagem dele com o Max Papis, chorando, super emocionado, feliz por mim."

O relato de como Zanardi surpreendeu a todos na UTI e a inspiração de amar a vida

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST - Bottas: piloto que deixou a desejar ou talento 'sacrificado'?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

compartilhar
comentários
Indy: Palou domina e vence em Portland

Artigo anterior

Indy: Palou domina e vence em Portland

Carregar comentários