Alonso minimiza dia em simulador: “Carro real é diferente”

Espanhol diz que pegou boas noções do carro da Indy em sessão, mas garante que, no teste real, abordagem poderá mudar

Alonso minimiza dia em simulador: “Carro real é diferente”
Fernando Alonso in the Honda Performance Development simulator
Fernando Alonso in the Honda Performance Development simulator
Fernando Alonso in the Honda Performance Development simulator
Fernando Alonso in the Honda Performance Development simulator
Fernando Alonso with the BorgWarner Trophy
Fernando Alonso with the BorgWarner Trophy
Fernando Alonso seat fitting
Carregar reprodutor de áudio

Fernando Alonso reconhece que seu primeiro teste real com um carro da Indy, programado para acontecer nesta quarta-feira (3), exigirá uma abordagem diferente em relação aos treino que fez no simulador da categoria.

Na semana passada, antes de embarcar para Sochi para a disputa do GP da Rússia, o bicampeão da F1 esteve nos Estados Unidos e pôde conhecer o simulador da Indy. Foi o primeiro passo prático para se familiarizar com o carro com o qual competirá nas 500 Milhas de Indianápolis, no fim do mês.

Por mais que tenha extraído aprendizado da oportunidade, Alonso admitiu que a vida real será diferente. “Estive no simulador por três ou quatro horas para também ter o meu primeiro contato com o carro nos ovais. Claro que o carro real será muito diferente, porque no simulador é fácil ir a 370 km/h e não tirar o pé nas curvas, porque nada vai acontecer”, disse o espanhol, segundo a Autosport.

“O carro de verdade será um pouco mais difícil, mas pelo menos tive a possibilidade de ver o carro e os esforços que é preciso ter nas curvas.”

Justamente por isso, Alonso não sabe ao certo o que esperar da sessão. “Permaneço com a mente aberta até testar o carro. Não sei exatamente o quão mais difícil será o desafio de guiar esses carros”, comentou.  

Alonso competirá nas 500 Milhas em um carro inscrito pela McLaren em parceria com a Andretti Autosport, time que venceu a prova do ano anterior com o estreante Alexander Rossi, piloto que também havia tido passagem recente pela F1. 

compartilhar
comentários
Pagenaud domina no fim e vence em Phoenix; Castroneves é 4º
Artigo anterior

Pagenaud domina no fim e vence em Phoenix; Castroneves é 4º

Próximo artigo

Alonso revela capacete para 500 Milhas de Indianápolis

Alonso revela capacete para 500 Milhas de Indianápolis
Carregar comentários